AFOGADOS DA INGAZEIRA - MEMÓRIAS Guest Book

Caso você queira colocar seu registro, clique aqui!


 Registros de 1 a 10 do total de 5233 [Próximo]

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 13-Junho-2018 / 16:07:34

Geraldo Berardinelli da Silva
20.03.1946 - 08.06.2018 (72 anos)

Acabamos de receber notícia do falecimento do nosso amigo "Geraldo de seu Otávio", ocorrido há pouco (11h...), em sua residência, em Afogados da Ingazeira.
_______________

Nesta noite o corpo será velado ao lado do cemitério São Judas Tadeu.
E o sepultamento, previsto para este sábado 9, às 9h.

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 8-Junho-2018 / 13:27:35

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 29-Maio-2018 / 22:25:10

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 26-Maio-2018 / 12:15:02

Bougainville

Bougainville é uma flor que conheci em Afogados da Ingazeira, no jardim do prédio que recebeu muitos nomes, entre eles Hotel,Prefeitura Municipal, Hospital e muitos outros títulos distintos (atual Curia Diocesana). Na parte de traz havia uma área coberta por um caramanchão de Bougainville que eu achava um local bacana, excepcional, que nos proporcionava uma oportunidade para relax.
Com a passagem do tempo, até esqueci por um período aquele local que não mais existe, e sua significação para mim. No entanto, as lembranças voltaram com bastante intensidade, pois foi parte da minha vida e isto não esquecemos.
Foi naquele local que uma mocinha, minha contemporânea, abraçou-me e me beijou apaixonadamente, deixando-me atônito. Mesmo assim retribui aquele ato de paixão. O chefe do escritório, quando soube do acontecimento, veio falar comigo, e foi água na fervura. Anos depois, casualmente nos encontramos no Rio de Janeiro.
Há alguns anos, plantei duas Bougainvilles, uma na frente da nossa casa, e outra no quintal, bem na divisa do terreno. As duas se desenvolveram bem e tive que podá-las, pois estavam acima do que seria tolerável. Para tamanha empreitada, a ajuda dos meus netos foi de grande utilidade; podamos os arbustos até o nível desejado.
O mais tocante é que as plantas voltaram, e com a ajuda das chuvas alcançaram uma beleza espetacular. Desta vez prestei atenção ao crescimento dos arbustos, não deixei que crescessem mais de metro e meio. O pagamento, retribuição espetacular em flores. Uma quantidade linda de flores que eu vos apresento para que possam ver, ou rever, se for o caso. As flores são de um roxo avermelhado, lindo, no centro apresentam-se três miniaturas brancas com toque de amarelo que completam a beleza floral.
Não é fácil descrever a beleza, por isto estou enviando uma foto para apreciação.

Zeze Moura <jojephd@yahoo.com>
Rosemead - Califórnia, CA EUA - 25-Maio-2018 / 8:47:44

Fragmentos do nosso novo livro “Afogados da Ingazeira – Páginas da sua história” -

27.12.1889 -
Palácio do Governo do Estado de Pernambuco – Do General José Simeão de Oliveira, primeiro governador eleito do período republicano (1889 - 1890):
“Tendo de retirar-me para a Capital Federal (Rio de Janeiro), por ter sido nomeado Ajudante General do Exército, passo a dar-vos conta dos fatos mais notáveis ocorridos durante o meu governo (...) - 'Dissolvi a Câmara Municipal de Afogados da Ingazeira, e nomeei um Conselho de Intendência como tudo consta da Secretaria do Governo':
José Francisco Pessoa, presidente; capitão Antônio Pereira de Moraes e Ricardo Francisco Rabello.”
(Fontes: Mensagens do governador, ed. 1; A Província, ed. 52 e Epocha, ed. 44 de 05.03.1890).

_______________________________

20.09.1890 -
Palácio do Governo do Estado de Pernambuco – Expediente de 3 de setembro – O desembargador Barão de Lucena, governador do Estado, resolve nomear o cidadão Fellipe Nery Soares, para exercer o cargo de membro do Conselho de Intendência Municipal de Afogados da Ingazeira, que se acha vago. (DP, ed. 214).

_______________________________

1891 -
Prefeito : Alfredo Adolpho Ferraz Costa; / Subprefeito : Pe. Pedro de Souza Pereira.
Conselho Municipal : Luiz Antônio Chaves Campos, Antônio Dias de Oliveira, Manoel Mariano de Souza, Ananias d´Oliveira Santos, Belarmino José Neves.
(Fonte: A Província, ed. 235 de 21.10.1891).

_______________________________

1892 -
Prefeito : Alfredo Adolpho Ferraz da Costa (D); Subprefeito : João Francisco Brandão (D).
Conselho Municipal : Luiz Antônio Chaves Campos (D), Bellarmino José Nunes, (D) João José de Veras, (D) Antônio Dias de Oliveira, (D) Belizário de Oliveira Athayde (H). Ouve outros, menos votados. (DP, ed. 56 de 10.03.1892).
Nota do autor: [ O DP, nessa edição de 10 de março, não informa a data da eleição, ou se houve a posse, mas observamos que, após os nomes dos eleitos, foram adicionadas as letras D e H].

_______________________________

1892 -
Prefeito : Pe. Pedro de Souza Pereira; Subprefeito : Manoel Mariano de Souza.
[ Nota: Em correspondência para o DP, os eleitos acima informam terem tomado posse no Executivo municipal no dia 25 de março de 1892 - (DP, eds. 78 e 79 de 06 e 07.04.1892) ].

_______________________________

1892 -
Prefeito : Alfredo Adolpho Ferraz da Costa; Subprefeito : João Francisco Brandão;
Conselho Municipal: Luiz Antônio Chaves Campos, João José de Veras, Bellarmino José Nunes, Ricardo da Silva Rabello e João Ribeiro de Mello Junior. (DP, ed. 234 de 15.10.1892).

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 21-Maio-2018 / 9:22:48
Afogados da ingazeira, terra maravilhosa. Tenho orgulho de ser dessa terra, batalhando como músico compositor e vocalista da Banda Mandagaroba. Também sou artesão. Gostaria que o povo visse meu trabalho pelo palco mp3 Mandagaroba.
Muito agradecido.

Pedro Nelso Galvão Henrique <mandagaroba@gmail.com>
Recife, PE Brasil - 20-Maio-2018 / 11:59:24

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 18-Maio-2018 / 18:33:46
Veja entrevista da Globo com o conterrâneo Cláudio Kennedy que saiu de Afogados da Ingazeira, para Araraquara em São Paulo, de bicicleta.

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 18-Maio-2018 / 12:14:38

Zé Coió

A notícia do falecimento desse nosso amigo José Cerquinha da Fonseca, que todos nós conhecíamos como Zé Coió, foi mais uma pedrada no coração deste Afogadense distanciado de casa. Nós fomos vizinhos desde que nasci, até os meus 18 anos.

Lembro me bem das festas de fim de ano quando procurávamos apresentar a roupa nova, feita especialmente para aquela ocasião, do euforismo das festividades e muitas outras coisas. Tudo surge na minha mente como se fora a ontem. Zé Coió era uma personagem presente desde nossos dias de criança e puberdade, apresentando-se como bom amigo. A sua partida para a eternidade chocou-me bastante, pois nunca estamos preparados para esse adeus tão repentino, muito menos quando as pessoas têm grande significado para nos. É parte da nossa vida que anuncia: você está preparado?

Estava jubilante com minha vida, sem pausar para pensar nas possibilidades fúnebres, o adeus do Zé Coió chocou-me bastante. Parei para pensar neste amigo e companheiro de infância que a distância nos separou. Sinto-me como prisioneiro do tempo que está marchando na minha direção e não há escape ou refúgio; só mesmo a graça de Deus nos ajuda nesta espera até “aquele dia”.

Zé Coió, que o Senhor Deus te receba de braços abertos e diga, “Bem-vindo, filho meu”.

Amigo Zé Coió, até o nosso reencontro na eternidade.

Zezé Moura <jojephd@yahoo.com>
Rosemead - Califórnia, CA EUA - 17-Maio-2018 / 6:55:32
[Próximo]

Volta

Livro de Visitas desenvolvido pela Lemon Networks