AFOGADOS DA INGAZEIRA - MEMÓRIAS Guest Book

Caso você queira colocar seu registro, clique aqui!


 Registros de 1 a 30 do total de 4943 [Próximo]

Caro Fernando, depois de uns 10 dias de resfriado miserável, aqui estou novamente em boa forma. Resolvi então saber das novidades desta página, "wau” foi uma surpresa agradável.
Primeiro, a mensagem do amigo José Batista de Nascimento, lamentando a descontinuidade da Página de Afogados com o que eu concordo cem por cento. Seria bom se todos que sentem a falta enviassem seus sentimentos para o Fernando em suporte pelo seu trabalho bonito e construtivo. Só isto já me faz sentir melhor, bem melhor do que ontem.

Depois veio o vídeo do Nilo Amaro e seus cantores que me lembro com grande apreciação, fazendo me lembrar que eles foram parte da minha juventude que esta agora tao distante. “Oi leva eu...”.

Chegou então o Adoniran Barbosa em parceria com a bela e famosa Elis Regina. Ela cantava nos programas da Record, bem como o Adoniran. Estes foram parte do meu viver em São Paulo por 11 anos onde me casei e tivemos dois filhos. Naquela época o Adoniran tinha um show na Rádio Record de segunda a sexta-feira que eu gostava muito; era puro e belo entretenimento.

Finalmente o vídeo do Sivuca, este então foi algo fantástico. Rever e ouvir o grande sanfoneiro Sivuca que cheguei a conhecer pessoalmente quando ainda nos meus 14 anos, foi como o “glacê em cima do bolo”. Não sabia se ria ou chorava de alegria e saudade dos tempos idos, e dos momentos alegres que se foram. Sei que Elis o Adoniran já se foram mas, não sei se Sivuca ainda está entre nos.
Já revi o vídeo umas 10 vezes e não me cansei ainda. Nos sábados a Rádio Jornal do Comercio tinha uma programação com auditório desde 1 hora até as 4 da tarde. Foi num desses programas que cheguei a conhecer o Sivuca e outros que também participavam, bons tempos.

Esta é a mais importante parte desta página, nos ajudar a relembrar e reviver momentos preciosos para cada um de nós, nos ajudando a envelhecer com um sorriso e com alegria do que passou e está passando. Por esta razão apelo novamente aos visitantes desta página para que enviem uma nota simplesmente para agradecer ao Fernando por sua dedicação a este trabalho tão valioso que é “Afogados da Ingazeira Ontem & Hoje”.

Como percebem, sou um amante desta página desde seu início e continuo hoje firme. Esta página significa muito para este velha guarda. Por todas as razões já mencionadas, só posso agradecer ao Fernando por haver me incentivado a participar.

Abraço,

Zezé Moura <jojephd@yahoo.com>
Rosemead - Califórnia, CA EUA - 28-Fevereiro-2015 / 20:52:26

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 27-Fevereiro-2015 / 18:34:45

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 25-Fevereiro-2015 / 20:06:25
Prezado FERNANDO PIRES, contamos hoje, um ano e 55 dias do desaparecimento da página "Afogados da Ingazeira Ontem & Hoje". Nos faz muita falta.
Meu exercício profissional não pôde ser exercido neste torrão do Pajeú e obrigou-me a residir, durante muitas décadas, fora deste torrão, tornando-me, segundo ('batizou-me' por carta) o Padre EDILBERTO: - "Filho Ausente". Mas foi por meio dela, que descobri e-mails de amigos de infância e renovei felizes contatos e o reviver dos velhos tempos.
Felizmente o que permanece em áudio e vídeo é de excelente qualidade como História viva e os textos deste 'painel' nos mantém atualizados com fatos regionais e pessoas importantes do nosso conhecimento.
Vale lembrar seu Editorial do dia 3 de janeiro de 2014. Nada mais objetivo direto e verdadeiro.
Um veterano abraço 'oitentão'.

JOSÉ BATISTA DO NASCIMENTO <batista.inga@globo.com>
Recife, PE Brasil - 24-Fevereiro-2015 / 11:41:08

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 21-Fevereiro-2015 / 15:07:38
Fui músico da antiga banda Padre Carlos Cottart entre os anos 1956 a 1960)

Hoje sou músico paulistano, concursado, e toco clarinete e sax-tenor.

Informo aos conterrâneos que estou vivo, bem vivido.
Abraços em todos vocês do Pajeú.

______________________________
[Caro Sebastião, envie uma foto sua (pelo fernandopires1@hotmail.com) para que essa nova geração o conheça. Fernando Pires]

Sebastiao Gomes da Silva
Itapetininga, SP Brasil - 20-Fevereiro-2015 / 16:01:49
Com camisa ou sem camisa, deixem que o asfalto seja do povo!

Muitos turistas atenderam ao convite e vieram participar do bonito e animado carnaval/2015 de Afogados da Ingazeira protagonizado pelos famosos “Tabaqueiros” que durante os quatro dias demonstraram além de habilidade no manuseio de suas indumentárias, muito fôlego, disposição e respeito aos visitantes que se maravilharam com as ricas e bem confeccionadas fantasias exibidas com orgulho durante suas evoluções.
No sábado tiveram a oportunidade de ver a Abertura Oficial com desfile pelas ruas centrais da cidade onde as pessoas marcavam o passo ao som dos tambores e metais típicos de uma boa orquestra; na tarde de domingo o Bloco das Crianças abriu alas para o bloco “Cazá, cazá” que surpreendeu pelas alegorias e vibração dos foliões; na segunda-feira foi a vez do já consagrado bloco “Tô na folia” levar uma multidão à Avenida Rio Branco, apresentando novos bonecos gigantes, exibindo excelentes passistas e proporcionando o retorno do centenário “Boi de Hermes”; no último dia, terça-feira, o Bloco “A Onda” trocou a madrugada pela tarde engrossando o cordão do bloco “A Cobra vai subir” que encerrou a festa de momo com a população emocionada pulando ao som de frevo, balançando o corpo no batuque do maracatu, mostrando a ginga do reage, coreografando o axé e outros ritmos que embelezaram esse tão mágico encontro de classes e raças mesmo após ouvir as desnecessárias e infelizes declarações de um dos diretores da “Cobra” impondo aos que acompanhavam o Trio sem a CAMISA OFICIAL do Bloco “A Cobra vai Subir” que o fizessem antes de entrar na festa.
Lamentável! Mas o deselegante Diretor não conseguiu tirar o brilho do espetáculo e muito menos das pessoas que permaneceram até o último acorde dos instrumentos.
Nas festas populares como São João e Carnaval a presença do povo nas ruas é, sem nenhuma dúvida, a maior satisfação para os organizadores e torna-se mais gratificante ainda quando ocorre uma manifestação espontânea e pacífica na casa dos anfitriões. Então, solicito encarecidamente que, pelo menos no carnaval, com CAMISA OU SEM CAMISA, deixem que o asfalto seja do povo.

Carlos Moura Gomes <carlosmouragomes@yahoo.com.br>
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 18-Fevereiro-2015 / 9:07:57

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 13-Fevereiro-2015 / 11:18:47

Conflito de gerações

Cientistas da Universidade de Harvard defenderam que a violência psicológica é mais grave que a agressão física, pois implica em rejeição, depreciação, discriminação, humilhação e desrespeito. Essa condenável atitude, muitas vezes, deixa marcas e sequelas difíceis de serem removidas.

Segundo recente pesquisa, nos últimos anos tem-se percebido aumento significativo de agressões por parte dos filhos aos seus genitores. Um dado preocupante é que apenas 01 (um) em cada grupo de 08 (oito) procura a justiça para denunciar. Os pais são violentados de forma física e psicológica. Infelizmente, são ameaças com o propósito de ferir, amedrontar e, consequentemente, obter o total controle do comportamento, das finanças e demais bens da família.

Embora exista fundamento na afirmação de que “a ingratidão é um dos frutos mais imediatos do egoísmo e a dos filhos para com os pais tem um sentido ainda mais odioso”, paradoxalmente, lembramos os escritos onde diz que foi “o Senhor que nos deu o livre arbítrio de escolher entre perdoar ou guardar entulhos no coração. A decisão é nossa. Somente com o perdão conseguimos harmonia em nossa vida”.

Nesse duelo de gerações nunca haverá um vencedor, pois as partes na verdade formam uma única célula como projeto de Deus. Assim, mesmo tendo consciência de que muitos conflitos são inevitáveis, repudiamos qualquer tipo de violência e apelamos para que a família aja com sabedoria e inteligência buscando o diálogo, preservando as tradições, mantendo os costumes religiosos, valorizando a liberdade de expressão e acreditando que sempre após a tempestade, virá a bonança.

Familiarmente,

Carlos Moura Gomes <carlosmouragomes@yahoo.com.br>
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 9-Fevereiro-2015 / 7:04:31
Faleceu na noite de ontem, sábado, em Afogados da Ingazeira, aos 67 anos,o conterrâneo Eduardo Rodrigues da Silva.
Residente em São Paulo, o "Canarinho" - como era tratado por Waldecy Menezes nos seus programas de auditório no Cine São José, nos idos de 1960 -, estava na sua cidade natal para minimizar as saudades e certamente realizar shows na região.
Essa triste notícia me foi repassada pelo amigo Carlinho de Lica nesta manhã.
Caso surjam mais informações, repassarei.

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 1-Fevereiro-2015 / 8:40:40
Olá, senhor Fernando Pires, inicialmente quero lhe parabenizar pelo excelente trabalho sobre a História de Afogados da Ingazeira.
Gostaria de ter acesso aos seus arquivos e documentos que seriam de suma importância para o nosso trabalho legislativo, como também deixo à sua disposição a Câmara de Vereadores, pois, de 2015 a 2016 estarei à frente dos trabalhos legislativos da nossa querida cidade.

---------------------------

Caro Franklin, obrigado pelo comentário.

Com referência ao nosso acervo, produzi em 2014 a Iconografia Histórica de Afogados da Ingazeira em BLU-RAY, retratando a cidade desde o início do séc XX (114 anos de imagens com breves comentários).
Em outubro/novembro passado entreguei um disco ao então presidente da Câmara, sr. Augusto Martins que, acredito, não o viu possivelmente por ainda não ter um reprodutor para tal.

Estou enviando esse mesmo documento – via Correios - para que o analises e julgue o valor histórico que ele representa:
*Mais de 650 imagens, separadas por décadas, incluindo 275 Personagens das quais consegui fotografias e informações. Claro, muita gente ficou de fora, pois apesar de meus apelos, familiares não tiveram interesse que seus entes queridos fossem relembrados...

Caso ainda não tenhas o reprodutor Blu-Ray, e queiras sugestão para adquiri-lo, estou à disposição para ajudar. (Fernando Pires)

----------------------------

Anthony Franklin de Moura Moras <anthonysoservi@hotmail.com>
Afogados da Ingazeira , PE Brasil - 15-Janeiro-2015 / 12:53:28
Agradecemos a presença e o carinho de todos os amigos de Afogados, nossa segunda terra. Cidade que nos acolheu e de onde guardamos as melhores recordações.
Conforta-nos nesse delicado momento ter mamãe vivido seus 100 anos em plenitude, deixando um exemplo de dignidade e amor.
Deus atendeu o seu pedido de não a deixar dependente/acamada recebendo nos dias finais o conforto do corpo, pela assistência médica de profissionais e amigos e principalmente da alma - recebeu a Unção dos Enfermos e uma cerimônia comovente no momento final aqui na terra.
Um grande abraço para todos.
Fatima e Christina

Tereza Christina Brasileiro Lyra <tcblyra@yahoo.com.br>
Recife, PE Brasil - 11-Janeiro-2015 / 12:06:45
Faleceu ontem no Recife, aos 100 anos de idade, completados recentemente, a Sra. Otília Brasileiro.
Durante muitos anos residiu em Afogados da Ingazeira com as filhas Fátima e Cristina.
Hoje, ao meio-dia, foi sepultada no cemitério Morada da Paz em Jaboatão dos Guararapes.
Prestando solidariedade às filhas e neta, lá estivemos. Registro as presenças de Djalma Marques e sua esposa Fátima, Gorete Freitas, Alberto Nogueira e Lúcia, Otacianinho Veras e familiares, além de muitos amigos da família residentes no Recife.

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 10-Janeiro-2015 / 19:57:13

Uma bela metáfora,
bem apropriada para esse momento de chegada de um novo ano


"No ventre de uma mulher grávida dois gêmeos dialogam: - Você acredita em vida após o parto? - Claro! Há de haver algo após o nascimento. Talvez estejamos aqui principalmente porque nós precisamos nos preparar para o que seremos mais tarde. - Bobagem, não há vida após o nascimento. Afinal como seria essa vida?

- Eu não sei exatamente, mas certamente haverá mais luz do que aqui. Talvez caminhemos com nossos próprios pés e comeremos com a nossa boca.

- Isso é um absurdo! Caminhar é impossível. E comer com a boca? É totalmente ridículo! O cordão umbilical nos alimenta. Além disso, andar não faz sentido pois o cordão umbilical é muito curto.

- Sinto que há algo mais. Talvez seja apenas um pouco diferente do que estamos habituados a ter aqui.

- Mas ninguém nunca voltou de lá. O parto apenas encerra a vida. E afinal de contas, a vida é nada mais do que a angústia prolongada na escuridão.

- Bem, eu não sei exatamente como será depois do nascimento, mas com certeza veremos a mamãe e ela cuidará de nós.

- Mamãe? Você acredita em mamãe? Se ela existe, onde ela está?

- Onde? Em tudo à nossa volta! Nela e através dela nós vivemos. Sem ela não existiríamos.

- Eu não acredito! Nunca vi nenhuma mamãe, não existem provas científicas que ela exista, por isso é claro que ela não existe.

- Bem, mas ás vezes quando estamos em silêncio, posso ouvi-la cantando, ou senti-la afagando nosso mundo. Eu penso que após o parto, a vida real nos espera; e, no momento, estamos nos preparando para ela."

Feliz "parto" a todos nós, com Deus guiando nossos passos! Que vivamos sempre como Deus nos ensinou, pois este mundo é passageiro! E o que importa é a vida eterna.

Autor desconhecido
Brasil - 31-Dezembro-2014 / 20:18:24

A força do perdão

Podemos declamar votos de “boas festas”, abraçar os entes queridos, programar ambiciosos projetos; podemos até pensar na megassena...
Porém, se no coração, ainda viver pensamentos de revanchismo, de vingança, de rancor e de ódio... Ai, sim! Esse estilo nocivo e abominável irá nos dominar nos nocautear e, certamente, mágoas e ressentimentos nos sufocarão no ringue da vida.
Para se viver bem, para se chegar entre os escolhidos; para ampliar nossas boas ações e assim receber as recompensas Divinas, teremos antes de tudo que aprender a perdoar. A cura de muitos males começa, obrigatoriamente, no perdão.
Perdoar exatamente como pedimos ao Pai na oração que Jesus nos ensinou: “perdoai as nossas ofensas / assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido...”.
Sejamos humildes para cumprimentar a quem, por motivos banais, interrompemos uma amizade.Sempre é tempo para recomeçar, para se arrepender e corrigir falhas.
Tenhamos e façamos todos, a partir de hoje, de agora, uma. Grandiosa Festa para um abençoado começo de Ano Novo.
Que Deus nos ilumine e nos conceda um merecido perdão!

Carlos Moura Gomes <carlosmouragomes@yahoo.com.br>
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 30-Dezembro-2014 / 6:55:41

Está chegando a hora

"Mais um ano se indo e um novinho em folha chegando. Que este ano que está por vir traga juntamente consigo novas esperanças, novas pessoas, novos sonhos, novos objetivos e que todos nós tenhamos a capacidade de correr atrás e ir em busca do que realmente queremos. Que este ano traga-nos mais pensamentos positivos, e nada de negatividade. Que nos traga mais força, para que possamos enfrentar as dificuldades que ainda estão por vir.

Não espere que as coisas irão mudar simplesmente porque um novo ano está chegando. A mudança vem de você! Seja você a mudança que quer ver, não espere pela mudança dos outros. Quer um ano melhor? Comece mudando por você sem esperar por ninguém, com o tempo todos se darão conta e começarão a mudar também, mesmo que leve tempo.

Tenha coragem de seguir seus sonhos, sem medo de ser feliz, sem medo de arriscar, são os teus sonhos e tem de segui-los, não importa o que digam. Não vá atrás dos ideais dos outros, busque os seus. Não ligue para o que falam ou deixam de falar, a vida é isso e você só tem que aprender a tapar os ouvidos e fazer o que tiver vontade de fazer, sem se arrepender!

Desejo que você deseje mais, sonhe mais, viva mais, arrisque mais, aproveite mais tudo o que tem para aproveitar, pois um dia tudo isso irá acabar, para todos nós."

Feliz Ano Novo!

Autor desconhecido
Brasil - 27-Dezembro-2014 / 8:35:39

Mensagem de Natal
do Papa Francisco!


O Natal costuma ser sempre uma ruidosa festa; entretanto se faz necessário o silêncio, para que se consiga ouvir a voz do Amor.
Natal é você, quando se dispõe, todos os dias, a renascer e deixar que Deus penetre em sua alma.
O pinheiro de Natal é você, quando com sua força, resiste aos ventos e dificuldades da vida.
Você é a decoração de Natal, quando suas virtudes são cores que enfeitam sua vida.
Você é o sino de Natal, quando chama, congrega, reúne.
A luz de Natal é você quando com uma vida de bondade, paciência, alegria e generosidade consegue ser luz a iluminar o caminho dos outros.
Você é o anjo do Natal quando consegue entoar e cantar sua mensagem de paz, justiça e de amor.
A estrela-guia do Natal é você, quando consegue levar alguém, ao encontro do Senhor.
Você será os Reis Magos quando conseguir dar, de presente, o melhor de si, indistintamente a todos.
A música de Natal é você, quando consegue também sua harmonia interior.
O presente de Natal é você, quando consegue comportar-se como verdadeiro amigo e irmão de qualquer ser humano.
O cartão de Natal é você, quando a bondade está escrita no gesto de amor, de suas mãos.
Você será os “votos de Feliz Natal” quando perdoar, restabelecendo de novo, a paz, mesmo a custo de seu próprio sacrifício.
A ceia de Natal é você, quando sacia de pão e esperança, qualquer carente ao seu lado.
Você é a noite de Natal quando consciente, humilde, longe de ruídos e de grandes celebrações, em silêncio recebe o Salvador do Mundo.

Um muito Feliz Natal a todos que procuram assemelhar-se com esse Natal.
Papa Francisco

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 25-Dezembro-2014 / 14:26:31

DOAÇÃO – ATO DE SOLIDARIEDADE... DE AMOR AO PRÓXIMO

Gente, minha tia está fazendo quimioterapia e vai precisar de transfusão de sangue. Quem puder doar - pode ser qualquer tipo - se dirija ao Hemope, Recife, perto do Hospital da Restauração.
O seu nome é Daria Lucia Pires Torres .
Obrigado, e que Deus abençoe o seu gesto de solidariedade.

FernandoPires <fernandopires1@hotmail.com>
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 23-Dezembro-2014 / 17:20:27

Importantes decisões...
novos caminhos!


Lamentavelmente, essa prática condenável acontece no mundo inteiro, penalizando populações que, geralmente indefesas, sofrem por muito tempo como vítimas da intolerância.

A história registra fatos que nos fortalece para combater esse gesto estúpido e egoísta. Lembramos que Nelson Mandela, Prêmio Nobel da Paz de 1993, descreveu um dos guardas penitenciários que o vigiava na cela onde passou 27 anos, como um grande amigo. Chisto Brand, inclusive, ensinou o idioma africâner que facilitou o discurso do grande líder negro sul-africano quando saiu da prisão em 1990.

Na década de oitenta, Daryl Davis, um músico negro americano fez vários membros do Ku Klux Klan, grupo racista e sanguinário, tornarem-se seus amigos por força de sua paciência e de seus fantásticos dedos ao piano.

Os espanhóis Plácido Domingos e José Carreras, famosos tenores, em 1984 tornaram-se inimigos. Três anos depois, Carreras lutava contra um câncer no sangue. Além de não poder mais subir aos palcos, tinha que viajar constantemente aos EUA para tratamentos e exames de rotina o que lhe custava muito dinheiro, reduzindo suas já comprometidas economias. Sem conhecer a procedência, recorreu a uma instituição filantrópica, em Madri, que cuidava da recuperação de leucêmicos. Era a Fundación Hermosa fundada por Plácido Domingos, paradoxalmente, com o propósito de ajudar seu maior concorrente no campo da fama e adversário político. Após ficar totalmente curado e voltar a cantar é que Carreras soube da verdade, reatando a amizade e tornando-se um dos principais colaboradores dessa importante fundação.

O mundo assistiu, recentemente, a reconciliação entre Cuba e Estados Unidos que eram inimigos há mais de meio século. Sem apontar vencidos nem vencedores, Jorge Mário Bergoglio, o Papa Francisco, foi decisivo com sábia e oportuna intermediação para que essas duas nações agissem com inteligência e diplomacia.

Só os ignorantes, os incrédulos e os medíocres acreditam que jamais mudarão suas rotas nas estradas da vida. Salve, portanto, os que admitem erros para corrigir posições e acertar caminhos!

Carlos Moura Gomes <carlosmouragomes@yahoo.com.br>
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 21-Dezembro-2014 / 16:20:35
Fernando Pires,
Cordiais saudações.

Gostaria de sugerir algumas publicações que considero válidas para um entendimento mais profundo sobre questões do nosso tempo, sobretudo agora, quando está ocorrendo uma reaproximação entre os EUA e Cuba. Esse importante momento de maior contato entre o presidente norte-americano Barack Hussein Obama e o Presidente do Conselho de Estado da República de Cuba, Raúl Modesto Castro Ruz, sinaliza para um novo tempo de diálogo em um mundo muito mais complexo do que nas décadas de 1950, 1960 e 1970. Destaca-se aqui em particular a presença do Papa Francisco, cuja ação intermediou esse novo alinhamento, assumindo função de proa nos contatos diplomáticos.

SZULC, Tad. Fidel : um retrato crítico. 3. ed. São Paulo: Best Seller, 1987.

VAIZEY, John. Revoluciones de nuestro tempo : capitalismo. Ciudad de México: Fondo de Cultura Económica, 1977.

GUEVARA LYNCH, Ernesto. Meu filho Che . 3. ed. São Paulo: Brasiliense, 1986.

IGNACIO TAIBO II, Paco. Ernesto Guevara, também conhecido como Che . São Paulo: Scritta, 1997.

Um forte abraço a todos da minha querida Afogados da Ingazeira.

Walker Bezerra Vieira <walkerbv@terra.com.br>
Recife, PE Brasil - 19-Dezembro-2014 / 8:01:07

Trabalho, descanso e sucesso!

O soteropolitano, Rui Barbosa, afirmava que “... o trabalho é o inteirar, o desenvolver, o apurar das energias do corpo e do espírito, mediante a ação contínua de cada um sobre si mesmo e sobre o mundo onde labutamos”.

Nesse domingo último, 14.12.2014, atrevi-me alertar um grande amigo sobre sua estafante atividade profissional que já toma umas décadas de sua vida. Antecipadamente, peço minhas desculpas caso tenha sido inconveniente; mesmo assim aproveito para ratificar meu respeito e admiração pela competência, pela vocação, pela coragem, pela vontade, pela responsabilidade e muita humildade desse trabalhador das comunicações.

A famosa Universidade de Harvard descobriu, através de profunda pesquisa científica, que trabalhadores com problemas de sono custam muito caro para as empresas que os mantém em seus quadros devido a fraca produtividade.

Outra renomada instituição, a Universidade Florida State, concluiu que as pessoas bem preparadas fisicamente e com alta estima elevada, tendem a render melhor em espaços de 90 minutos, no máximo três vezes por dia e, separados por intervalos regulares. Escala de trabalho de 12 ou 24 horas está completamente descartada quando o objetivo é conquistar a excelência de qualidade nos resultados.
A era moderna prova que o excesso de trabalho pode comprometer o rendimento do profissional, bem como provocar danos físicos e emocionais à saúde do trabalhador.

Entre a posição do “Águia de Haia” e a obstinação do “Comunicador da Gente”, entendo que empregador e trabalhador, no mundo inteiro, têm que agir de forma inteligente, tomar decisões e assumir posições com muito equilíbrio em relação a jornadas estressantes de trabalho.

Afinal não são as “horas extras” que vão determinar o tamanho do seu talento nem engordar o faturamento da empresa, e sim, suas qualidades inatas; seu discernimento sobre o que é útil e nocivo; sobretudo ter uma visão estratégica para realizar suas tarefas em tempo hábil com confiança e perfeição, inclusive priorizando um merecido e confortável descanso no seio da família, driblando a fadiga e o stress; assim, nesse ambiente de cumplicidade, certamente, se não todos, a maioria dos trabalhadores alcançará o tão almejado sucesso, pessoal e coletivo.

Carlos Moura Gomes <carlosmouragomes@yahoo.com.br>
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 18-Dezembro-2014 / 12:14:04
Sou neta de Ranulfo Liberal Firmo

DANIELA FIRMO LIMA <danielafirmo41@gmail.com>
Recife, PE Brasil - 16-Dezembro-2014 / 17:38:53

Raimunda Julia de Vasconcelos <raimunda.vasconcelos@equus.com.br>
Santo andré, SP Brasil - 16-Dezembro-2014 / 12:48:33

Saudações Natalinas

Oi Fernando, estou para te escrever desde domingo e hoje finalmente o faço. Na semana passada tivemos quatro dias de chuvas intensas que vieram acabar com a seca que sofremos por 11 meses, e agora estamos nos preparando para outro temporal sendo que de nível mais intenso que ajudará a adicionar mais do precioso liquido aos reservatórios que estão em grande necessidade.

Domingo tivemos um dia bonito que culminou com uma noite memorável, pois o “Master Coral” nos apresentou um magnífico conserto de músicas maravilhosas que me levou mais perto do céu. Estava tão lindo que me emocionei ao lembrar-me da minha mãe tocando o órgão e regendo o coral a cantar músicas de louvor e gloria ao Senhor Deus e Jesus Cristo nosso Salvador. Faz mais de 65 anos que estas coisas aconteceram, mas as tenho na minha mente como se fora ontem. O Master Coral é afiliado à nossa igreja e nos presenteia dois consertos anuais que são um deleite para os que apreciam boa música.

Neste próximo domingo teremos outro conserto na nossa igreja que também nos deleitará. No entanto, o maior será apresentado começando no dia 18 e irá até o dia 21. E o conserto de Natal que é apresentado anualmente. O auditório da Igreja pode acomodar 3.500 pessoas sentadas e todos os dias o auditório está lotado e acomodado muitos convidados. A orquestra é fenomenal, os solistas fantásticos, bem como os pequenos grupos não ficam pra trás. Só pela rendição do Aleluia de Handle me leva a um grau de entusiasmos sem par. Louvado ao Senhor Deus e Jesus Cristo.

Teremos a nossa festinha de Natal familiar na casa do Igor meu filho mais velho onde iremos juntos cantar e glorificar ao Senhor bem como observar a reação dos netos ao abrirem os presentes. O Senhor tem sido misericordioso para nós, dando-nos vida e saúde para nos regozijar diante Dele.

Caro amigo, acho que já falei muito. Quero aqui desejar-lhe um Feliz Natal e Ano Novo extensivo à toda sua Família. Que o Senhor vos abençoe e guarde agora e durante o Ano Novo 2015.

Tenho um sentimento grande de gratidão ao amigo relembrando do nosso primeiro contato pela internet que iniciou nossa correspondência que tem perseverado por todos estes anos. Que o Senhor Deus vos abençoe e guarde.

Abraço fraternal.

Zezé de Moura <jojephd@yahoo.com>
Rosemead-Califórnia, CA EUA - 15-Dezembro-2014 / 18:13:07
TIA CACÁ: (RITA DE CÁSSIA PIRES) JÁ ACORDEI PARA TAMBÉM LHE DESEJAR FELIZ ANIVERSÁRIO.
TE AMAMOS.
UM BEIJO, JOÃO VICTOR E JOSÉ DE SÁ MARANHÃO NETO.

João Victor Pires de Sá Fernandes <logosassessoriaepesquisadegestao@hotmail.com>
Rondonópolis, MT Brasil - 14-Dezembro-2014 / 8:31:16
Parabéns, Tia Cacá. (Rita de Cássia Pires). Muitas felicidades.
Acordei agora, só para desejar a senhora feliz aniversário.
João Victor ainda dorme.
Um cheiro.

José de Sá Maranhão Neto <logosassessoriaaepesquisadegestao@hotmail.com>
Rondonópolis, MT Brasil - 14-Dezembro-2014 / 8:28:25
Insigne Fernando Pires,
Cordiais saudações.
Quanta saudade da nossa querida Afogados da Ingazeira.

Humildemente sugiro a leitura de um livro sobre a temática do Cangaço:
CHANDLER, Billy Jaynes. Lampião: o rei dos cangaceiros. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1980.

Um grande abraço.

Walker Bezerra Vieira <walkerbv@terra.com.br>
Recife, PE Brasil - 13-Dezembro-2014 / 16:59:25

NÃO PERCA TEMPO

O tempo não nos espera, passa muito rápido; dura para sempre, mas não envelhece nem cura mágoas. O dia amanhece e num piscar de olhos, o sol já vai se escondendo na linha do horizonte e as estrelas cintilando no céu. Nós sim, envelhecemos e, quiçá, em fração de segundo nos despedimos da vida, ou perdemos alguém muito querido, sem dar tempo dizer 'eu te amo' ou 'a vida sem você não tem graça', Já é tarde demais...

A oportunidade desperdiçada hoje não será transferida para amanhã. Em um ano você pode se tornar um empreendedor e mudar o rumo de sua vida. Um dia será suficiente para se comprar um carro, desfazer uma sociedade ou visitar um amigo. Um segundo apenas, basta isso para você dizer 'me perdoe', 'eu te perdoo', 'pode contar comigo'.

Esse tempo natalino é propício para repensarmos a vida, refletindo sobre nossa conduta, nossos valores e nossas atitudes em relação às pessoas do no nosso convívio. No mundo competitivo em que vivemos, é comum alguém furar filas para se beneficiar; usar supostas regalias para tomar a vez de outros; atender com desprezo e arrogância as pessoas mais humildes e ainda se sentir "cheio de razão" -o todo poderoso-porque tem um anel de "doutor".

João Batista clamava no deserto preparando os caminhos para a vinda do Messias. Preparemos também nós as veredas dos nossos corações eliminando os cascalhos entulhados para recebermos Jesus Cristo neste Natal. Quem sabe, não seja o último da minha ou da sua vida...

Não percamos tempo. É hora de fazermos as pazes com Deus e com os irmãos. O dia do julgamento existe. Não nos perguntarão quantos cargos ocupamos, qual o nosso grau de instrução, nem se possuímos grandes riquezas. Seremos interrogados sim, sobre o nosso grau de humildade, solidariedade e amor ao próximo.

As riquezas e as glórias do mundo não irão conosco nessa última viagem. Lá não mais precisamos ser gananciosos. A nossa riqueza e a nossa imponência, tão enaltecidas, serão esquecidas até mesmo pelos mais íntimos, porque o tempo se encarregará de apagar da memória a tão pretendida imortalidade.

Desejo a todos um Feliz Natal. Vamos cantar "NOITE FELIZ" com o coração transbordante de Amor e Paz!

Elvira de Siqueira Silva <elviradesiqueira@hotmail.com>
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 12-Dezembro-2014 / 22:44:35

Competências e incompetências dos municípios

Baseados em princípios éticos e num bem elaborado plano de trabalho, uma das acertadas e responsáveis providencias dos municípios organizados e bem administrados é que utilizam em suas principais vias e nos mais importantes monumentos, além de placas de advertência e sinalização, fiscais treinados para instruir as pessoas sobre como proceder no cumprimento das Leis Municipais em vigor; assim, enquanto evitam inconvenientes e transtornos, asseguram a saudável tarefa de disciplinar a população e preservar o patrimônio público. Entretanto, nessa manhã de quinta-feira, 11.12.2014, ouvi através da Rádio Pajeú a indignação de um revoltado ouvinte sobre o abandono do trânsito envolvendo carros e carroças, em Afogados da Ingazeira, lamentavelmente, por parte das autoridades.

Evidentemente, isso colabora para que a indisciplina dos condutores de veículos e similares aumente ainda mais, chegando a colocar em risco a integridade física dos pedestres. A situação é por demais triste e vergonhosa, porque já foram realizadas campanhas sobre o problema com ampla divulgação na mídia local.

Queremos ver sim, nossa cidade continuar se desenvolvendo, porém, respeitando as Leis, principalmente as que ela mesma criou ou aceitou como modelo; queremos ver nossas praças e ruas bem limpas; queremos ver nossas árvores frondosas e sem sofrerem nenhuma agressão dos que deveriam mantê-las sobre total proteção; queremos ver nossa cidade elaborando um planejamento que realmente possa ser executado na sua totalidade, evitando desculpas esfarrapadas, culpando outras esferas e fugindo da responsabilidade.

Lembramos, pois, respeitosamente, aos gestores das 182 prefeituras do Estado de Pernambuco que não conseguiram “fechar seus balanços” nesse exercício de 2014 que a Constituição Federal diz em seu “Art.30. Compete aos Municípios: legislar sobre assuntos de interesse local.” A política de desenvolvimento urbano tem por objetivo ordenar o pleno progresso das funções sociais da cidade e garantir o bem-estar de seus habitantes.

Carlos Moura Gomes <carlosmouragomes@yahoo.com.br>
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 12-Dezembro-2014 / 6:39:27

Covardia e coragem, a grande diferença!

O famoso filósofo grego, Aristóteles, dizia que “a coragem é a primeira das qualidades humanas porque garante todas as outras”. Enquanto que a indiferença está associada ao desamor, ao desleixo, a frieza, a inércia e muito próxima da covardia.

Pôncio Pilatos procurando se livrar de um tumulto popular ordenou que Jesus fosse chicoteado, mesmo convicto de que crime nenhum existia, e ainda mandou que seu inimigo Herodes O julgasse, sendo devolvido novamente ao Governador da Judeia que “lavou as mãos” e aceitou o pedido da multidão para crucificar um inocente. Nessa criminosa e injusta decisão ficou claro que o desinteresse e o medo são tão nocivos quanto o ódio.

Durante a Segunda Guerra Mundial a Alemanha de Hitler executou, aproximadamente, 6 milhões de judeus pelo mundo afora. Dois anos antes, em 1938, o presidente Getúlio Vargas já colaborava com esse genocídio, quando através da Circular Secreta 1.127 restringia a entrada de judeus no Brasil. Mesmo assim, contrariando essa ordem a chefe da Secção de Passaportes no Consulado Brasileiro, na cidade de Hamburgo, Aracy Moebius de Carvalho Guimarães Rosa conseguiu, sem o conhecimento do Cônsul, incluir milhares de fichas de judeus sem sua real identificação, sendo todos transportados para o Brasil, livrando-se da cruel e sanguinária perseguição nazista. Por esse gesto de bravura e coragem essa grande mulher, esposa e também colega de trabalho do escritor e diplomata João Guimarães Rosa, teve seu nome escrito no Jardim dos Justos entre as Nações, no Museu do Holocausto, em Israel e nos Estados Unidos. Aracy é carinhosamente conhecida por “O Anjo de Hamburgo”. Partiu para eternidade em março de 2011 aos 102 anos de idade e seu corpo foi depositado no Mausoléu da Academia Brasileira de Letras ao lado do seu marido e amigo. Um admirador escreveu em sua homenagem: “para que os maus triunfem, basta que os bons não façam nada”.

Então, que neste Natal e entrada de um Novo Ano, façamos a nossa parte mostrando para as novas gerações o caminho do bem, da verdade e dos atos louváveis. Supliquemos, pois, com muita fé e esperança: “Senhor, dai-nos serenidade para aceitar as coisas que não podemos modificar... coragem para modificar as que podemos, e sabedoria para reconhecermos a diferença entre elas”.

Carlos Moura Gomes <carlosmouragomes@yahoo.com.br>
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 2-Dezembro-2014 / 19:32:04
[Próximo]

Volta

Livro de Visitas desenvolvido pela Lemon Networks