Dianópolis - Terra do ouro e tradições Guest Book

CLIQUE AQUI - DEIXE SEU RECADO


 Registros de 11 a 20 do total de 125 [Anterior] [Próximo]

JORNAL DO TOCANTINS-13/11/136

ARAGUAÍNA Sob protestos, Siqueira lança obras Mara Santos?Araguaína - Correspondente? O governador Siqueira Campos (PSDB) esteve ontem, em Araguaína, Norte do Estado, para assinar a ordem de serviço para dar início à construção do Hospital Geral de Araguaína (HGA). Durante a cerimônia, o governador se irritou com manifestantes que alegavam que o HGA não passava de mais uma promessa. "O povo de Araguaína está cansado de promessas, essa já deve ser a terceira pedra fundamental lançada e esse hospital não é construído", afirmou um dos manifestantes, o professor Elcimar Pessoa.?Os manifestantes foram orientados pela Polícia Militar (PM) a deixar o local enquanto o governador desferia acusações: "São vagabundos. E vagabundos se vendem por qualquer preço. Ganharam dinheiro para comprar crack e vieram aqui fazer isso".?O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (PR), tentou justificar: "a população de Araguaína é ordeira e trabalhadora". O prefeito lembrou que o HGA foi a principal promessa de campanha do governador para Araguaína. De acordo com o projeto, o hospital terá capacidade para 400 leitos, 60 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 12 salas de cirurgia e Pronto-Socorro para atendimento de 150 pessoas por dia. Orçada em R$160 milhões, oriundos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a unidade tem prazo de entrega para 983 dias.?Dimas aproveitou a oportunidade para entregar ao presidente da Câmara de Vereadores, Marcus Marcelo (PR), um Projeto de Lei que prevê a doação de uma área de 15 mil metros quadrados para a construção de um ambulatório de especialidades e recebeu do governador a doação de 800 lotes para a construção de casas populares. Mesmo com prazo de conclusão posterior ao término do mandato de Siqueira, a secretária de Saúde, Vanda Paiva, afirmou que nenhuma obra será deixada pela metade.??

- 13-Novembro-2013 / 12:02:27
STF 07/11/2013 J.TO. Defensoria quer intervenção no TO Defensor pede que o governo do Estado cumpra a ADI que determina a substituição dos servidores comissionados por concursados; arthur pádua é o autor da manifestação Juliana Matos?Palmas? A Defensoria Pública do Estado protocolou ontem no Supremo Tribunal Federal (STF) manifestação interlocutória incidental solicitando intervenção federal para garantir o cumprimento de Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) nº 4.125 de 2010, que declarou inconstitucional a manutenção de cargos comissionados no Estado. À época, o governo mantinha mais de 35 mil comissionados. O STF deu 12 meses ao governo para se adequar. Segundo a defensoria, atualmente são 12.771 contratos temporários. O defensor Arthur Pádua, autor da manifestação, disse que o pedido deve ser apreciado assim que o Ministério Público Federal (MPF) se manifestar. "Não se pode aceitar o descumprimento do que o STF determinou e assistir a renovação de mais de 1.800 contratos em uma canetada só."?Por meio de nota, a Secretaria Estadual de Administração (Secad) informou que não foi comunicada oficialmente sobre o assunto. ?

- 7-Novembro-2013 / 9:52:52
Tendências e Idéias Wertemberg Nunes Jornal do Tocantins 07/11/2013

Um Cristo de concreto? O candidato eleito ao governo do Tocantins prometeu atender os anseios da classe artística, e assim, desenvolver políticas públicas de cultura para o Estado, em reunião aberta no teatro Fernanda Montenegro, em 30 novembro de 2010. Ao tomar posse, o Governa...dor, criou e ele mesmo acabou com a secretaria de cultura, não cumpre a lei estadual de cultura (desde 2012 não lançou os editais). ?Prometeu cuidar do povo e criar grandes obras. E o que fez para o Tocantinense? Primeiro queria criar um catirandrodomo, cortar o pantanal com o asfalto traspantaneiro, criar elefante e leão no Jalapão e agora pretende entre tantas cópias do Cristo de cimento do RJ, montar uma na serra do Carmo, com o sentimento de não se sabe quem!?Um Cristo de concreto pode aceitar todas essas promessas e descompromissos mas, o cristo de verdade e que olha pelo sentimento do povo, com certeza haverá de cobrar mais de quem pode e pouco faz, pelo que é certo e pode ser a bem da cultura de todos nós.?O totalitarismo continua como antes, o que já acabou foi a nossa esperança de que novos rumos poderiam arejar os ares do nosso querido Tocantins que, agonizando em sua cultura, espera ainda adorar mais um ícone de "falsas imagens" de símbolos verdadeiros como é o cristo nosso senhor.?Não cumpre a lei do pró-cultura, não cumpre o plano estadual, nem criou o sistema estadual de cultura, não tem gestão para a cultura e vem querer erguer monumento a cristo, ora faça-me o favor senhores, para ver o verdadeiro cristo basta meditar nas muitas igrejas cristãs e/ou em tantos mirantes naturais do nosso Estado, melhor, Olhar no interior de cada um de nós, cristãos que acreditamos na verdade, e lá estará o maior monumento à cristo que pode ser erguido entre todos nós "o amor ao próximo".?Só pra lembrar O Redentor do Alto da Boa Vista, na cidade do Rio foi sugerido pelo Padre lazarista em 1859, a ideia efetivamente veio a ser em 1921, como um dos preparativos para as comemorações do centenário da Independência. Reação adversa de seguidores da Igreja Batista declararam à época em nota, seu desgosto quanto à construção do Redentor pela assertiva de que "será, a um tempo, um atestado eloquente de idolatria da Igreja de Roma", ao que tudo indica aqui no Tocantins a idolatria não seria ao Cristo de cimento, mais ao seu criador.

- 7-Novembro-2013 / 9:51:19
hoje 19/06/2013 - - - -

Deputado Estadual Marcelo Lelis oficializa rompimento com o governo Siqueira Deputado crítica gestão estadual, admite aliança com PR, conversas com PMDB e PT e não descarta o PP de Amastha Eduardo Azevedo Com críticas à gestão do governador Siqueira Campos (PSDB), o presidente regional do PV, deputado estadual Marcelo Lelis, anunciou o rompimento com o Palácio Araguaia e com o grupo político União do Tocantins. O deputado falou das articulações de 2014 e que a relação entre o PV e PR tem avançado e não descartou uma possível aliança com o PP. O PV também conversou com o ex-prefeito Raul Filho (PT) e o ex-governador Marcelo Miranda (PMDB).?Em coletiva à imprensa, Lelis afirmou que PV definiu pela independência, com o objetivo de "construir uma proposta para o partido caminhar sozinho, sem amarras". Ele detalhou que as discussões sobre a saída do PV da base do governo começaram a após o término das eleições de 2012. "Não é de hoje, nem de semana passada que nós começamos a discutir essa decisão", completou.?O deputado ressaltou que não está satisfeito com a condução do governo do Estado e afirmou que a administração de Siqueira tem "muitos problemas e uma dificuldade imensa em cumprir os seus compromissos".?Lelis disse que ligou na última segunda-feira para o secretário das Relações Institucionais, Eduardo Siqueira Campos, para informar sobre a decisão do PV. O deputado afirmou que o secretário disse que respeitava a decisão da sigla em abandonar a aliança.?

- 19-Junho-2013 / 10:28:13



jornal hoje 14-06-2013 - - Eduardo Siqueira diz que tem contado sempre com deputados cujos partidos se posicionaram oficialmente na oposição, como o PT e PMDB. Pelo PMDB, Iderval Silva e Vilmar do Detran são sempre citados pelo secretário como "da base". Do PT, os posicionamentos de Solange Duailibe e Amália Santana são lembrados por Eduardo.

- 14-Junho-2013 / 10:02:24
JORNAL HOJE-12/06/2013 MERENDA ESCOLAR 31 municípios do TO têm recursos federais bloqueados Municípios: Abreulândia, Aliança do Tocantins, Almas, Aurora do Tocantins, Axixá do Tocantins, Campos Lindos, Cariri do Tocantins, Carrasco Bonito, Colmeia, Dianópolis, Goianorte, Ipueiras, Lagoa do Tocantins, Lajeado, Lavandeira, Marianópolis, Miranorte, Monte Santo do Tocantins, Nova Olinda, Novo Alegre, Palmeirante, Piraquê, Pium, Ponte Alta do Tocantins, Rio Sono, São Bento do Tocantins, São Miguel do Tocantins, Sucupira, Taguatinga, Taipas do Tocantins e Tocantínia. ?

- 12-Junho-2013 / 8:31:50
Olá, gostaria se possível de encamnhar foto do nosso escritor diaopolino, caso seja possível entrar em contato: lilianwolney@yahoo.com.br

LILIAN WOLNEY <lilianwolney@yahoo.com.br>
Dianópolis, TO Brasil - 27-Maio-2013 / 21:20:39
Sou Póvoa por parte paterna, meu avô foi nascido e criado na Cidade de Goiás - GO, mudou-se para Goiânia - Go na década de 40. Tenho um tio - Maurício Póvoa - que me falou um pouco mais sobre a história da família e do encontro dos , Póvoas. Meu avô chamava-se Joaquim Artiaga Póvoa, filho de Francisco Póvoa. Nâo sei o nome do meu tataravô. Gostaria de uma grande ajuda me achar nesta árvore genealógica. Inclusive sou amiga de 'Francisco Liberato Póvoa', de Belo Horizonte, e não conseguimos achar a conexão. Meu avô já morreu, o que dificulta um pouco mais as coisas.

Juliana Jorge Póvoa <jhpovoa@gmail.com>
Brasília, DF Brasil - 11-Maio-2013 / 21:03:57
JORNAL DO TOCANTINS DE ONTEM 09/05/2013 ----CASSAÇÃO TRE livra Siqueira Campos de perder o mandato Ex-govenador Carlos Gaguim, que propôs a ação, disse que já esperava resultado e adiantou que recorrerá ao TSE Eduardo Azevedo Por quatro votos a dois, o governador do Tocantins, José Wilson Siqueira Campos (PSDB) foi absolvido ontem pelo Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins(TRE-TO) da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) nº 143334 que pedia sua cassação por abuso de poder econômico e uso indevido de veículo de comunicação. A ação foi proposta pelo ex-governador Carlos Gaguim (PMDB).?O advogado de Carlos Gaguim, Solano Donato Carnot, informou ao Jornal do Tocantins que vai recorrer. "No dia seguinte à publicação oficial da decisão, nós vamos entrar com recurso", disse.Também foram inocentados pelos crimes de abuso do poder econômico, propaganda eleitoral irregular e uso indevido da TV Girassol ainda na sessão do TRE-TO de ontem, o vice-governador João Oliveira (PSD), o filho de Siqueira e secretário de Relações Institucionais do Tocantins Eduardo Siqueira Campos (PSDB) e o apresentador Vanderlan Gomes Araújo.?

- 10-Maio-2013 / 13:19:55
TRE reafirma Palito cassado e Gaguim e Marcelo inelegíveis em VOTAÇÃO DE QUATRO A DOIS, Tre NÃO ACATOU EMBARGOS DE DECLARAÇÃO; CONDENADOS VÃO RECORRER AO TSE Eduardo Azevedo Eduardo Azevedo?Palmas??O Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) enviou ofício no final da tarde da última quarta-feira à Assembleia Legislativa do Tocantins sobre a decisão da Justiça Eleitoral de cassar o mandato do deputado estadual Raimundo Palito (PP). O TRE-TO não acatou os pedidos de revisão da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) dos condenados, feitos através de embargos de declaração ao acórdão do julgamento realizado no dia 3 de abril deste ano. O placar foi de 4 a 2.?Junto com Palito, os ex-governadores Marcelo Miranda (PMDB) e Carlos Gaguim (PMDB) também foram condenados e não tiveram seus embargos aceitos também. Por isso, continuam inelegíveis por oito anos, contados a partir de 2010.

- 10-Maio-2013 / 13:19:17
[Anterior] [Próximo]

Volta





Livro de visitas criado pelo site Lemon Guest Book
http://www.livrodevisitas.com.br - Faça o seu!
Conheça: Programas Grátis - Cartões Virtuais