AFOGADOS DA INGAZEIRA - MEMÓRIAS Guest Book

Caso você queira colocar seu registro, clique aqui!


 Registros de 4261 a 4290 do total de 5100 [Anterior] [Próximo]

MINHA TERRA TEM PALMEIRAS...

Neste dia de festas em Afogados da Ingazeira, achei apropriado deixar Gonçalves Dias falar por mim na introdução desta mensagem. Ninguém está mais apropriado para expressar com tanta claridade e beleza meus sentimentos, pois ele estava no exílio quando escreveu estes versos.

Minha terra tem palmeiras
Onde canta o sabiá
As aves que aqui gorgeiam
Não gorgeiam como lá.

(…)Não permita Deus que eu morra
Sem que volte para lá
Sem que aviste as palmeiras onde canta o sabiá

Neste dia tão significativo para todos os afogadenses, este lindo poema do grande poeta Gonçalves Dias expressa, de modo preciso e belo, o sentimento dos que são exilados voluntária ou involuntariamente.

Estas poucas linhas que usei sintetizam o sentimento de solidão, de ausencia e perda. De não poder tocar fisicamente a terra ardente do sertão, de desejar ver novamente e viver novamente naquele espaço terrestre, se bem que o que recordamos não mais existe, ficou na história, desapareceu no éter.

Mesmo assim, é com muita alegria que, daqui do meu exilo, desejo juntar meus aplausos e congratulações, aos que permaneceram e criaram a cidade que hoje comemora 100 anos, seu Centenário.

Afogados das minhas lembranças era um local bucolico, vagaroso, a vida estava em marcha lenta, e conhecíamos todos os vizinhos e residentes. Andávamos até à escola sem sermos perturbados. Sabíamos que eram seis horas da tarde, porque a Radio Difusora Pajeú nos dizia ser, quando apresentava o momento do Ângelus tocando a Ave Maria, momento que apresentavam às vezes uma crônica por Manuel Ribeiro ou Luis Amaral e qualquer outro conterrâneo que se dispusesse à tarefa.

Sabíamos que eram sete da noite, porque o Cine Pajeú ligava sua Sirene, nos convidadando para assistir o seriado na quinta-feira. Do mesmo modo aos domingos, para assistirmos um filme de longa metragem.

Não tínhamos piscina, no entanto tínhamos os Poços ao longo do Rio seco onde nos deleitávamos, nos refrescando. No começo da noite, íamos ate a estação para receber o Trem e as novidades que porventura os que retornavam pra casa trariam.

Jogávamos pião com entusiasmo, e na época própria soltávamos papagaios com o mesmo fervor, sempre assumindo ser os melhores. Tudo assumia uma atmosfera de festa na época das cheias, quando a curiosidade tomava conta de nós, e testemunhávamos o evento.

Hoje Afogados chega à idade adulta, se expandiu para os subúrbios e sua população se multiplicou. As ruas principais são joviais, numa demonstração de que continuam a crescer e se desenvolver. Quase todos que foram de grande influência e importância na minha vida já partiram, deixando um grande vácuo com a sua ausência; no entanto tenho certeza que eles estão conosco em espírito, pela obra que deixaram para as gerações posteriors. No entanto, mesmo ausente, encontrei novos amigos, dinâmicos e que amam o sertão tanto como eu, e talvez com mais fervor. Refiro-me ao Fernando Pires, autor desta página, que tem servido consistentemente e continuamente às causas relacionadas à nossa Afogados da Ingazeira. Ele também está de parabéns, por ter tido visão, usando as oportunidades que se apresentaram com o advento da internet, para propagar os interesses locais.

Peço aos conterrâneos: não mudem mais nada por aí, pois eu quero ver novamente as palmeiras onde canta o sabiá…

Congratulações, e viva Afogados da Ingazeira!

Zezé

Zezé de Moura
Rosemead - Califórnia, CA USA - 1-Julho-2009 / 19:59:32
Como falou Edson Bigodão, um dia como o de hoje, a Rádio Pajeú esteve fora do ar, infelizmente perdemos as festividades.

JUNIOR - IP 189.70.219.209 <JRFINFA@HOTMAIL.COM>
RECIFE, PE Brasil - 1-Julho-2009 / 15:33:15
Prefiro o sertão que vivi

Aquele Sertão em que nasci, brinquei e curti a minha adolescência (ou aborrecência ) só existe, hoje, na minha imaginação, nas doces recordações que nunca morrem. As coisas boas da vida nunca morrem. Como diz Rubem Alves, furam a nossa alma e deixam lá uma cicatriz eterna. Parti da hoje centenária Afogados da Ingazeira há 30 anos, mas a sua imagem continua pendurada em casa como aquele retrato de Drumonnd - que dói e fere de saudade.

Não me apaixona o Sertão de hoje, mas o de ontem. As notícias não chegavam pela televisão nem pela internet, como hoje. Chegavam pelo rádio e se difundiam no boca a boca. Jornal? Já chegava de tardezinha, mas mesmo assim “seu Amaro Pé de Pato”, responsável pela distribuição do mais do que centenário Diário de Pernambuco, saía pelas ruas gritando as manchetes.

Não me apaixona um Sertão em que o cavalo foi substituído pela moto e já existe até vaquejada puxada por vaqueiros motorizados. Não me apaixona um Sertão em que as românticas noites de lua cheia, que encantavam enamorados em serestas, viraram iscas para o mundo das drogas em baladas de um roque de gosto duvidoso ou um forró estilizado.

No Sertão em que fui feliz, os brinquedos eram boi de osso e carro de madeira. Carrinho de plástico, só quando meu pai trazia do Recife. Lembro das longas esperas pelo meu pai na velha estação ferroviária. A saudade dele era grande. Mas não era só isso. A nossa mente ficava povoada pela expectativa de ganhar um carrinho moderno de plástico. Era o verdadeiro encontro com a felicidade.

Não me apaixona um Sertão em que a criançada não joga mais bola de gude, mas videogame. Que não empina papagaio, que não joga futebol com bola de meia, que não brinca mais de esconde-esconde e tantas outras diversões que, de tão puras, criavam naturalmente uma barreira frente à civilização.

A paixão firme e forte continua pelo Sertão em que adormeço com o encanto das estrelas do seu céu limpo e infinito. Pelo cheiro do marmeleiro, pelo cantar do sabiá e do galo de campina. Todo sertanejo cheira a bode, dizia Luiz Gonzaga. Trata-se de uma figura de linguagem para caracterizar a sua gente simples e desprovida de vaidade.

Luiz Gonzaga tem razão. O bode talvez seja, hoje, o animal que represente com mais propriedade a força do homem sertanejo. No passado, já foi o jumento, animal sagrado, quase em extinção.

Que os ventos da modernidade deram um ar diferente ao Sertão da centenária Afogados da Ingazeira, não há a menor dúvida. Mas, para mim, estar no Sertão, é dormir em rede ao ar livre e acordar com a passarada. É tomar leite de vaca fresquinho no curral de gado vendo o sol raiar. É colocar a cadeira na calçada e fuxicar, até o vizinho sentir que a orelha está ardendo. É ficar olhando o tempo passar bem devagarzinho, bem preguiçoso.

Escrito por Magno Martins,1º de julho de 2009

Fernando Pires
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 1-Julho-2009 / 15:16:14
PARABENS A AFOGADOS DA INGAZEIRA PELOS 100 ANOS DE EMANCIPAÇÃO, SENDO HOJE UM DIA DE MUITA GLORIA PARA O MUNICIPIO, CUJA POPULAÇÃO (E OS FILHOS DESTA TERRA, COMO EU) ESTÃO ORGULHOSOS E CONFIANTES QUE SEJAMOS NOS PROXIMOS 10 ANOS A MAIOR CIDADE DO SERTAO DO PAJEÚ, PELA SUA GEOGRAFIA QUE A CONGREGA COMO UMA CIDADE POLO, ONDE HA GRANDE PERSPECTIVAS PARA OBTER TAL FEITO, NAO OBSTANTE OS RESPEITO QUE TEMOS POR SALGUEIRO E SERRA TALHADA.

ENTÃO, HOJE É DIA DE MUITA FESTA, MUITA COMEMORAÇÃO E DESDE JÁ, MESMO DISTANTE DAI 390 KM, POIS ESTOU AQUI NA CAPITAL, QUERO ME FAZER PRESENTE EM PENSAMENTO NA HOMENAGEM QUE A NOSSA AFOGADOS RECEBE NESTE DIA.

UM ABRAÇO A TODO AFOGAGENSE E AQUELES QUE AMAM ESSA CIDADE, DESDE OS SEUS FILHOS MAIS ILUSTRES, ATÉ O MAIS MODESTO EMPREGADO DA PREFEITURA, QUE DAO SUOR TODOS OS DIAS PARA QUE A CIDADE ESTEJA LIMPA E ESPERANDO SEUS CONVIDADOS. HOJE PODEMOS DIZER QUE A SEDE DO GOVERNO É EM AFOGADOS DA INGAZEIRA PELA ALTA CUPULA POLITICA QUE ESTÁ INSTALADA NA CIDADE DESDE O GOVERNADOR, ATÉ GRANDES POLITICOS DO ESTADO DE PERNAMBUCO.

FORTE ABRAÇO A TODOS!

AVANTE AFOGADOS DA INGAZEIRA

Manoel Antonio Martins de Moura - IP 189.70.254.138 <martinsmoura@hotmail.com>
Recife-PE, PE Brasil - 1-Julho-2009 / 14:40:26
É com tristeza e até indignação que registramos a impossibilidade acompanhar mais de perto as comemorações do centenário de Afogados da Ingazeira e particularmente o cinquentenário da Rádio Pajéu, pois, exatamente neste dia, a emissora, até o presente momento, está fora do ar.

EDSON COSTA DE SIQUEIRA - IP 189.70.190.157 <edsoncsiqueira@yahoo.com.br>
CARUARU, PE Brasil - 1-Julho-2009 / 7:09:12
A CIDADE É MUITO BONITA,GOSTARIA DE VER FOTOS DE PESSOAS FAMOSAS DA CIDADE,DO MERCADO MUNICIPAL,DA MANOEL BORBA EMFIM CARTAO POSTAL DOS MAIS BONITOS LOCAIS DA CIDADE.

Mirian - IP 201.59.24.206 <WWW.MIRIAN-193@HOTMAIL.COM>
São Paulo, SP Brasil - 30-Junho-2009 / 22:03:27
SOU NATURAL DE CARNAIBA PE MAS ME CRIEI EM AFOGADOS. FIQUEI AINDA MAIS ORGULHOSO DE REVER IMAGENS E NOVIDADES DA MINHA AFOGADOS,ONDE ESPERO REVER O MAIS BREVE POSSIVEL. BEIJOS A TODOS DA FAMILIA 'AMADOR' E AMIGOS.

JOSE AMADOR JUNIOR - IP 201.59.24.206 <WWW.MIRIAN-193@HOTMAIL.COM>
São Paulo, SP Brasil - 30-Junho-2009 / 21:50:30

Fabiana dos Santos Correia - IP 201.9.99.112 <fabpe2009@hotmail.com>
Juazeiro do Norte, CE Brasil - 30-Junho-2009 / 18:31:20
Meu Caro Ademar, o poeta de sua estirpe sabe pintar, com palavras, o quadro que desejar, aplicando toda a fidelidade no tom das tintas. E dos amigos citados, realmente, vários estão no "andar de cima".

Nessa oportunidade contemplemos a luminosidade ofuscante, para os néscios, do Astro Sagrado da constelação – Rogaciano Leite -, com essa preciosidade:

Ilusão de Suicídio

Desta janela de meu quarto triste,
Arrebatado de pavor e pena
Eu assisto à tristeza de uma cena
Que pouca gente, noutro quarto, assiste.

Nesse cassino que defronte existe,
(Onde a flor da virtude se envenena)
Uma pobre e cansada Madalena
Bebe nitrato – e de viver desiste.
Vejo-lhe as mãos a comprimir-lhe os seios
E ouço os gemidos lancinantes, feios
Que a dor arranca de seu peito fundo...


Maldizendo o destino e a pouca sorte,
Põe termo à vida – pra ver se a morte
É menos triste do que foi seu mundo!

Santos, 22 de agosto de 1950.

LUCIANO BEZERRA - IP 189.81.96.165 <lucianocamposbezerra@hotmail.com>
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 29-Junho-2009 / 20:02:58
Caro Dr Luciano, não apenas me confundiu, foi além, deu um verdadeiro nó no meu juizo, que como confessei, não tem habilidades com abstrações filosóficas. Até agora estou feito cachorro que caiu do caminhão da mudança e não sabe do novo endereço do dono. Por mais que me esforce, não consigo assimilar como razoável suas considerações a respeito do falecido artista colocando-o na tábula rasa das nulidades absolutas. Estou embasbacado!

Gilberto Carvalho Moura <gcmouraadv@yahoo.com.br>
Curitiba, PR Brasil - 29-Junho-2009 / 9:36:42
Caro Luciano, Obrigado pelo presente. Defendo a tese que da mesma forma que o lendário Pajeú ganha musculatura nas terras de Itapetim a poesia também.

De Itapetim vieram Rogaciano (apenas este imortaliza uma terra), Pedro Amorim, Os Batista e agora Zé Adalberto. Quanto ao "R" poético fica em nome da sua bondade, sou somente um eterno aprendiz.

Em tempo, veja como as coisas são mutáveis. Nos anos 80 fiz esta letra que Agenorzinho musicou. Observe quantos locais e pessoas narradas já nos deixaram.

Em Afogados

"Em Afogados tome cana com umbú. Veja o Rio Pajeú. Jogue futebol com Dinga. Vá na Muringa jogue com nosso Marcelo. Passe lá no Zé Cotelo e coma carne de Sol. Pegue um azol, vá na Barragem de Brotas. Conheça suas ilhoas, passe no Clube dos Cem. Ainda tem a Pousada a AABB. Vá na Cabana porque é nossa danceteria. Barbearia, procure o Zé Barbeiro. Ache logo um violeiro, seja Dió ou João. Vá no Borbão compre de tudo sem fila. Conheça o amigo Bila e observe sua calma. Lá no Djalma pare e tome um caldo. Vá na Farmácia de Osvaldo se tiver dor de cabeça. Mas não esqueça de tomar cuba com Vanda e Escutar Pé-de-Banda cantando Chico Mineiro.

Obrigado.
Ademar, mais matuto a cada dia.

Ademar Rafael Ferreira - IP 200.228.94.136 <aherasa@ig.com.br>
Marabá, PA Brasil - 29-Junho-2009 / 8:22:22
PENSAMENTO PENSANTE...

Inicio pedindo licença aos demais para restabelecer a verdade e dirimir algumas dúvidas. Quando me referi e até comentei, superficialmente, sobre o “pensamento pensado” e pensamento pensante”, não imaginei que fosse possível confundir tanto o Nobre Colega Gilberto, levando-o a uma conclusão equivocada a ponto de afirmar, sob sua ótica: “se recorreu ao ensinamento alheio para fundamentar sua assertiva, usou do tal "pensamento pensado" e por si digerido...

[LEIA MAIS, a partir do link abaixo]

LUCIANO BEZERRA
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 29-Junho-2009 / 5:39:27
Que me desculpe o Dr. Luciano Bezerra por minha pouca habilidade com abstrações filosóficas, mas se recorreu ao ensinamento alheio para fundamentar sua acertiva, usou do tal "pensamento pensado" e por si digerido. Na verdade, nunca pretendi alimentar uma disputa, apenas chamar atenção para o que considerei um exagero. Ora, ninguém é obrigado a apreciar a obra de Michael Jackson, eu mesmo, pessoalmente, não tenho nenhum apreço pela obra dos Beatles, mas nunca me atreveria a negar suas qualidades, sua importância, sua influência nos usos e costumes de toda uma geração e o mesmo vale para Michael, Elton John, Sinatra, Joe Cocker, Fred Mercury e tantos outros, afinal, há musica, poesia, arte enfim, muito além de Gonzagão, Dominguinhos, Quincas Rafael, Pinto do Monteiro, etc e etc pois o universo cultural da humanidade é muito, mas muito mais amplo que nossos regionalismos.

Gilberto Carvalho Moura - IP 200.139.122.164 <gcmouraadv@yahoo.com.br>
Curitiba, PR Brasil - 28-Junho-2009 / 14:50:55
Ao Poeta Ademar R. Ferreira – poeta de consanguinidade (esse "R" tem história de poesia) – e a quem mais interessar possa, envio estes respingos de luminosidade do Poeta – José Adalberto Ferreira, filho nato das plagas itapetinenses. No seu Livro “No caroço do Juá” tem toda a verve desse Poeta que honra suas origens.

A MAIOR INJUSTIÇA DE UM JUIZ
É PRENDER, SEM MOTIVO, UM INOCENTE

O perjúrio jamais saiu de uso
Nem a ética é tratada com desvelo
O poder arbitrário é pesadelo
Que transforma uma vida, isso, eu deduzo
Acusar, sem ter prova, é um abuso
É vender a razão, injustamente
Ir a árvore da paz e cortar rente
Vendo o sangue escorrer pela raiz
A maior injustiça de um juiz
É prender, sem motivo, um inocente.(...)

[LEIA MAIS, a partir do link abaixo]

LUCIANO BEZERRA
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 27-Junho-2009 / 22:09:02

Lilaine Aparecida da Silva e Silva- IP 187.28.34.141 <lilaineaparecida@hotmail.com>
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 27-Junho-2009 / 21:39:50
Zé Nilton recebeu, hoje à tarde, a sua tão desejada Cadeira de Rodas. A sua pretensão seria uma motorizada, mas entendemos que seria irresponsabilidade entregar-lhe uma meio de locomoção que requer reflexos e senso de direção, o que ele não tem. Mas é uma boa cadeira e que, com ajuda de um familiar ou amigo, ele poderá realizar seus passeios diários pela cidade.

Como já mencionei anteriormente, o benfeitor pediu para não ser identificado.

Nas imagens ao lado, vejam o seu contentamento ao receber a Cadeira.

Fernando Pires
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 27-Junho-2009 / 18:01:24

Fernando Pires
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 27-Junho-2009 / 17:08:18
Quero dizer ao nobre causídico Gilberto Moura, que não tive, nem de longe, a intenção de agredir a inteligência de ninguém. Logo no início de meu comentário fui bastante claro, ao enfatizar: "tenho certeza que serão muitos a discordar do meu ponto de vista. Isso é o que não me preocupa, pois prefiro dizer o que penso a dizer o que alguém quer ouvir só para ser agradável”. E, nesta oportunidade, acrescento: eu só tenho um compromisso – com a minha consciência, com a minha liberdade de expressão. Foi o que fiz e continuo a pensar assim. Aliás, na arte de pensar, nos ensina o filósofo – Hegel – advertindo-nos para o "pensamento pensante” e nunca para o “pensamento pensado”.

Numa linguagem mais acessível, o filósofo nos instiga a termos nossas próprias idéias, fruto de uma reflexão individual. É melhor para si próprio, mesmo que atraindo antipatias e discordâncias. Pois, afinal, você pensou por si. Este é o “pensamento pensante”. No caso do “pensamento pensado”, você “digere” o que lhe é imposto, aniquilando suas próprias convicções. Isso nunca farei.

Agradeço-lhe pela atenção e mantenho, sem tirar uma vírgula sequer, minha opinião expendida no comentário anterior.

LUCIANO BEZERRA <lucianocamposbezerra@hotmail.com>
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 27-Junho-2009 / 12:36:10
Ultimamente temos lido interessantes e inteligentes comentários do Dr. Luciano Bezerra, entretanto, considero necessário destacar seu último comentário a respeito do falecido astro pop Michael Jackson. Errou feio na dose o doutor. Não me cabe aqui tecer comentários a respeito da vida privada, pessoal, entretanto, negar as qualidades artisticas de Michael Jackson é, a meu ver, inconcebível, ofende à inteligência alheia.

Gilberto Carvalho Moura - IP 200.139.122.164 <gcmouraadv@yahoo.com.br>
Curitiba, PR Brasil - 27-Junho-2009 / 8:59:25
MICHAEL JACKSON

Logo que tomei conhecimento da morte de Michael Jackson, veio-me à lembrança os bajuladores de plantão. Não deu outra. Os jornais do mundo todo se apressaram em revirar suas efemérides, para estampar em primeira página “traços” da vida do “astro-pop”. Deu-se início à - exaltação à nulidade. E aqui abro um parêntese para dizer que tenho certeza que serão muitos a discordar do meu ponto de vista. Isso é o que não me preocupa, pois prefiro dizer o que penso a dizer o que alguém quer ouvir só para ser agradável.

Mas, vamos aos fatos: confirmada a notícia, o mundo voltou sua atenção para as providências póstumas. E haja jornal, telejornal, enfim, cada um que bajulasse mais o falecido. E aqui vai o velho adágio: “Quer ser bom, morra”. Para mim não funciona. Se foi ruim, vivo, continuará sendo ruim depois de morto.

LEIA MAIS, a partir do link abaixo.

LUCIANO BEZERRA
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 26-Junho-2009 / 15:16:46
Meu caro Edson Bigodão, Já faz algum tempo, mas, na minha lembrança que não envelhece, parece que foi ontem. Lembro-me bem daquela noite de maio de 78. Noite limpa de nuvens, céu sertanejo coalhado de estrelas, estávamos lá. Era um pedaço de “quintal” nos fundos do bar de Minéo. A turma de amigos, cachaça, cerveja, tira-gosto, seu cigarro, muita conversa, o seu violão e a música (então proibida!) de Vandré. Foi “caminhando e cantando” que construímos aquele tempo.

Além do trabalho no Banco, “caminhávamos” em um Brasil sufocado nas agruras impostas aos direitos humanos pela Ditadura Militar, essa negra página de nossa história. Cantávamos contra o bloqueio às liberdades democráticas, à censura, à mordaça... O seu violão e o seu discurso livre e debochado (no bom sentido) animavam os nossos encontros.
O tempo e o Destino nos abriram portas e caminhos diversos ao longo de nossas vidas... Eu rodei por esse País cumprindo a missão do trabalho. Você teve a fortuna de realizar o seu trabalho e permanecer em Pernambuco.

Agora leio seu relato sobre a sua saúde. Preocupo-me, porque lhe conheço a índole. A sua responsabilidade, portanto, cresce quando você tem que se sacrificar para preservar essa Inteligência e lucidez que a sua “luz” possui. Está em suas mãos e sua vontade. Preserve-se, para que possamos mais, por muitos anos, desfrutarmos do seu saber, das suas histórias, do seu cantar... assim, caminhando e cantando...

Hélio Noronha - IP 200.181.83.229 <noronha313@yahoo.com.br>
Brasília, DF Brasil - 25-Junho-2009 / 22:40:03
Gostei do mural, mas acho q deveria mostrar mais fotos recentes de Afogados. Eventos, população, acontecimentos, festas...etc A página de fotos do carnaval 2009, não abre... Um abraço aos conterrâneos.


NOTA DO ADMINISTRADOR DO SITE: Sueli, todos os links da página estão funcionando perfeitamente, desde que com o INTERNET EXPLORER. Caso utilizes o MOZILLA FIREFOX, algumas links não serão abertos.

Suely Santos - IP 189.71.153.121 <suelly.santos@hotmail.com>
Maceió, AL Brasil - 25-Junho-2009 / 16:22:41
Há mais ou menos meio século, talvez um pouco mais, José de Souza Dantas Filho, o Zé Dantas de Carnaíba das Flores, disse na última parte de uma das suas belas canções, no caso, Riacho do Navio: "[...] DORMIR AO SOM DO CHOCALHO E ACORDAR COM A PASSARADA. SEM RÁDIO E SEM NOTÍCIAS DAS TERRAS CIVILIZADAS", e, há algumas semanas, depois de alguns procedimentos cardiológicos, fui "aconselhado" por um especialista, a parar de fumar, a limitar a ingestão de bebidas alcoólicas e principalmente a evitar "o molusco", seus aliados e comandados nos demais poderes, por representarem os principais agravantes ao meu estado de saúde. Naquele momento lembrei-me da referida canção, rapidamente declamei parte dela, e questionei: Seria possível doutor? Ele não respondeu.

Meu caro Luciano, a exemplo de milhões de brasileiros, imagine com tenho passado, principalmente nos últimos anos. O descaso e o envolvimento direto das autoridades constituídas no mundo do crime superam, a cada instante, o imaginário. Portanto, já não teria efeito ou qualquer resultado prático, o remédio de Eça de Queiroz. "OS POLÍTICOS E AS FRAUDAS DEVEM SER MUDADOS FREQUENTEMENTE E PELAS MESMAS RAZÕES".

É importante que se saiba que, recentemente, em entrevista concedida ao Magno Martins, o Ex-Ministro José Dirceu, de passagem por Caruaru, parafraseando Aloizio Mercadante, disse "Dilma será o terceiro Mandato de Lula".

EDSON BIGODÃO - IP 189.70.205.238 <edsoncsiqueira@yahoo.com.br>
CARUARU, PE Brasil - 25-Junho-2009 / 9:45:14
SARNEY, SARNEY, SARNEY...
Se algum amigo deste Blog pretender visitar São Luís do Maranhão, verá que é uma belíssima cidade, impregnada de história e encantamento, com ruas bucólicas e aquele aspecto de saudosismo. Uma cidade aconchegante, um ambiente propício à meditação. (...)

A CULPA É DA IMPRENSA
Os Jornais de todo o país mostraram, mais uma vez, que o presidente Lula, na contramão da lógica, insiste na defesa de Sarney e das falcatruas do Senado. Dessa vez o Presidente foi longe demais, ao afirmar: “o povo brasileiro já viu muitos escândalos.(...)

PASSEATA EM SÃO LUIZ PEDIRÁ RENÚNCIA DE SARNEY
Será realizada, nesta sexta-feira (26) em São Luís, uma passeata de protesto exigindo a renúncia do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), informa o blog do John Cutrim.(...)

IMAGINE O BRASIL SER DIVIDIDO E O NORDESTE FICAR INDEPENDENTE
Cumprindo o prometido, aqui estou trazendo para os amigos um artigo que escrevi para um Jornal de Arcoverde, e que foi um desabafo diante da ojeriza que sinto à discriminação sofrida pelos nordestinos que são compelidos a migrar para o Estado de São Paulo, quando acossados pela seca inclemente que deixa nosso Nordeste esturricado.(...)

Leia mais, a partir do link abaixo.

LUCIANO BEZERRA
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 24-Junho-2009 / 20:29:18
OS HOMENAGEADOS DO CENTENÁRIO - Historicamente, o momento político é o verdadeiro "norte" para definição daqueles que serão homenageados em momentos simbólicos, e, independentemente do critério de "sondagem" desenvolvido "pelo Conselho Responsável pela Programação do Centenário do Município de Afogados da Ingazeira junto às mais diversas instituições representativas da sociedade civil", conforme nota postada às 09h06 do dia 24/06/09, pelo radialista Nill Junior, vamos eleger um dos onze reverenciados para, através dele, dizer do nosso respeito aos demais escolhidos, pessoas com as quais convivemos ou vimos crescer. O escolhido foi o amigo e colega bancário, José Fernando Pires dos Santos.

Na verdade, vários seguimentos da sociedade local foram agraciados: Atletas, Artistas, Educadores, Médicos, Políticos, Jornalistas, Magistrados, Radialistas, Sindicalistas, Industriais e Historiadores. Em relação ao Fernando Pires, classificado como "historiador", o nosso apontamento prende-se ao fato de entendermos que, é através do conhecimento da sua história que um povo mantém a sua cultura e a sua tradição, e, nessa ótica, somos conhecedores de que, dentro das limitações existentes no dia-a-dia de todo voluntário, Fernando Pires tem procurado resgatar como possível, todos os fatos importantes da nossa terra, dando uma enorme contribuição para as futuras gerações e disponibilizado informações importantes a todos aqueles que realmente amam Afogados da Ingazeira.

Por fim, registramos que, no nosso íntimo, há ainda dezenas e dezenas de importantes nomes que viveram no anonimato ou não, e que hoje estão esquecidas, mas, na verdade, muito fizeram pelo nosso torrão no Sertão do Pajeú.

EDSON COSTA DE SIQUEIRA - IP 189.70.231.33 <edsoncsiqueira@yahoo.com.br>
CARUARU, PE Brasil - 24-Junho-2009 / 14:54:04
Hoje a nossa conversa é rápida. Trago para vocês uma obra prima do Dedé Monteiro. Certa vez esse genial tabirense foi solicitado a fazer um verso sem usar verbo. E o Dedé Monteiro, do alto de sua competência, manda o verso – sem verbo.

Uma evocação com a suprema poesia e a marca inconfundível do estro desse impagável vate Nordestino.

Ah! Casa velha do cão
A de vovó Januária
Caverna bicentenária
Sem um sinal de cristão,
Morcego sobre o fogão
Nos móveis, somente pó
No muro, uma planta só
No jardim, rato e mosquito
Eis o retrato esquisito
Da casa da minha vó.

Isso é coisa do Dedé. Alguém se habilita? Eu não!

Um abraço e até a próxima.

LUCIANO BEZERRA - IP 189.81.96.165 <lucianocamposbezerra@hotmail.cp,>
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 23-Junho-2009 / 23:18:49
Lamentável o acidente que deixou várias pessoas mortas e espero nao tenha ocorrido por falha humana, no caso de alcool X direção, ou mesmo sono de quem vinha dirigindo os veículos.

Agora falando de coisa boa, ontem no Canal 14, programa esportivo de Aderval Barros, estava lá um dos nosso s representantes de Afogados da Ingazeira, no caso o grande DANIEL BUENO, que não conheço pessoalmente, mas que deu um show legal, cantando músicas que reviveram sua infancia nesta nossa gloriosa Afogados da Ingazeira.

Daniel a todo instante fazia questão de enfatizar a sua admiração pela cidade onde passou sua infância e nas suas músicas tras sempre o teor das raizes sertanejas, quando fala da familia, amor, pai, mãe, irmãos, Sao Joao, fogueira, balao, ...

Nao sei se em Afogados a Rede Estação - Canal 14 pega bem, pois aqui em Recife também o sinal não é lá estas coisas mais dá para ver a imagem de forma regular.

Ao DANIEL BUENO, um forte abraço e continue cantando as coisas do nosso Sertão, e sempre ligando Afogados com sua vida, quer como cidadão, quer como artista que canta as canções que nos leva a lembrar da nossa cidade.

Assim, como Daniel, também saí novo para o Recife com minha familia, mas, onde quer que eu vá, faço questão de falar bem desta nossa amada terra e dentro do possivel todo ano vou aí dar um abraço nos amigos e parentes, além de comer um bode caprichado com feijão de corda e arroz ligado de galinha.

OBS. Ao SILVIO LEANDRO CRUZ, o eterno 'embaixador' de Afogados, um abraço. Ele está indo para os 100 anos e levando um amigo aqui do Recife, que inclusive já esteve aí, e como diz o ditado: 'quem bebe da água de Afogados da Ingazeira, com certeza volta lá'.....RSRSRSRSRS

Manoel Antonio Martins de Moura - IP 189.70.239.225 <martinsmoura@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 23-Junho-2009 / 10:09:39
Acidente // Cinco mortos no Sertão

Uma família destruída. Pai e filha mortos. Irmãos feridos. Uma mãe desesperada. Este foi o saldo do acidente que ocorreu na noite do último sábado na PE-292, no município de Iguaraci, a 300 quilômetros do Recife, Sertão do Pajeú.

Por volta das 20h, um carro GM Veraneiro, placa JTS-3090, colidiu com um ônibus, placa KGB-2251. A Veraneiro, com 15 pessoas, todas moradoras de Afogados da Ingazeira, voltava de uma festa em Arcoverde. Já o ônibus levava um grupo do mesmo município para uma festa no distrito de Irajaí.

Morreram na hora Márcio Clebson Mariano Siqueira, 30 anos, Enriques Martins da Silva, 38, Iraneide da Silva Morais,36, Ariosvaldo Ribeiro de Moura, 46, e sua filha, Macksaída Ribeiro de Moura, 12. A primeira vítima conduzia a Veraneio, de propriedade do motorista de lotação conhecido apenas como Val de Zé de Preta. Fora duas mortes, a família Moura, ainda teve o saldo de um ferido grave, o menino Jadson Pierre de Moura, 13, que foi encaminhado ao Hospital da Restauração (HR), no Recife, e se encontra estável. O irmão de Jadson, Albert Antunes de Moura Ribeiro, 7, sofreu fraturas e foi levado ao Hospital Regional do Agreste, em Caruaru, onde foi operado e passa bem.

Restou a Aldenir Moura, mãe das crianças e viúva de Arisosvaldo, enterrar os corpos de seu marido e filha, numa cerimônia que ocorreu às 21h30 de ontem, no cemitério Parque da Paz, em Afogados da Ingazeira. "Foi um choque muito grande. Não sei como minha irmã está aguentando. Aqueles meninos são tudo para ela e a menina era a princesinha da família", afirmou, emocionado, o irmão de Aldenir, conhecido como João do Foto de Moura.

O outros feridos foram Marisa Nobre de Brito, 16, Erenilson Bezerra de Andrade, 19, Nielson Clébio Olímpio Araújo, 20, Jefferson da Silva de Souza, 17, Daniela Maria Pereira de Moraes, 23, José Edílson da Silva Júnior, 4, Luiz Luzitano da Silva Vasconcelos, 23, e Marcelo José da Silva, 22, e Antônio Raimundo Sobrinho. Todos passam bem. Segundo Jean Carli da Silva, agente da Delegacia de Afogados da Ingazeira, as vítimas estavam na caminhonete.

O motorista do ônibus, Irama Claudino da Silva, 45, chegou a ser internado na Casa de Saúde José Evóide de Moura, mas foi liberado rapidamente e fugiu. Segundo o agente Jean Carly, a fuga não significa culpa. "Não existem informações sobre o que realmente aconteceu. Creio que ele sumiu por medo das famílias das vítimas", disse. O agente disse ainda que, apesar de ter a inscrição "Escolar" nas laterais, as primeiras informações apontam que o ônibus envolvido no acidente estaria sendo utilizado na prestação de serviços para a Prefeitura de Iguaraci. A Delegacia de Iguaraci ficará responsável pelo caso.

Diário de Pernambuco - Vida Urbana -Thatiana Pimentel - 22.06.2009

Fernando Pires
Recife, PE Brasil - 22-Junho-2009 / 9:17:01
Acidente no Sertão deixa cinco mortos

O choque frontal de uma Veraneio com um ônibus escolar ocorreu no sábado à noite, na rodovia PE-292, em Iguaraci, no Sertão do Pajeú. Outras dez pessoas do veículo utilitário ficaram feridas

Uma colisão entre uma veraneio e um ônibus escolar na rodovia PE-292, na altura do município de Iguaraci, no Sertão do Pajeú, deixou cinco pessoas mortas e outras dez feridas, na noite de sábado. Os ocupantes da Veraneio verde, de placa JTS-3090, residentes no município vizinho de Afogados da Ingazeira, retornavam de uma festa em Arcoverde que reuniu mecânicos da região. O acidente ocorreu pouco antes da entrada de Iguaraci, quando o veículo colidiu de frente com o ônibus, de cor azul e placa KGB- 2251, que saía da cidade em direção a Sertânia. No coletivo estavam, principalmente, adolescentes, mas nenhum dos passageiros se feriu. O acidente aconteceu por volta das 20h.

Os mecânicos Márcio Clebson Mariano Siqueira, 30 anos, Enriques Martins da Silva, 38, e Ariosvaldo Ribeiro, 46, a dona de casa Iraneide da Silva Morais, 36, e a estudante Macksaída Ribeiro de Moura, 12, todos passageiros da Veraneio, morreram no local. Os dez feridos, que também viajavam no veículo, foram levados para o Hospital Regional Emília Câmara, em Afogados da Ingazeira.

Por volta das 10h de ontem, o estudante Jadson Pierre de Moura, 11, foi transferido em estado gravíssimo para a unidade de trauma do Hospital da Restauração (HR), no Derby, área central do Recife. Policiais da Delegacia de Afogados da Ingazeira afirmaram que o garoto teve perda de massa encefálica. Segundo funcionários do Hospital Regional Emília Câmara, um outro passageiro da Veraneio também foi transferido para a capital, mas o nome não foi divulgado e o HR não confirmou a informação.

Das oito pessoas que deram entrada no Hospital Regional Emília Câmara no sábado à noite, apenas Marcelo Nunes da Silva, 22, continua internado, em observação. Os outros pacientes receberam alta por apresentar ferimentos leves e pequenas luxações ou foram transferidos para outras unidades de saúde por causa das fraturas. O destino de cada um não foi especificado, mas, segundo a polícia, nenhum deles corre risco de morrer.

Devido ao estado dos dois veículos, a polícia trabalha com a hipótese de que um deles, provavelmente a Veraneio, estava em alta velocidade. O caso será investigado pela Delegacia de Iguaraci.

Jornal do Commercio - Cidades - trânsito - 22.06.2009

Fernando Pires
Recife, PE Brasil - 22-Junho-2009 / 8:55:17
TRAGÉDIA: ACIDENTE COM VERANEIO DE AFOGADOS E ÔNIBUS DE IGUARACY DEIXA 05 MORTOS E 10 FERIDOS NA PE 292

Cinco pessoas morreram, todas de Afogados da Ingazeira, e dez ficaram feridas no choque de uma Veraneio de propriedade do motorista de lotação conhecido como Antonio de Zé de Preta placas JTS 3090 e um ônibus de Iguaracy placas KGB 2251 que levaria um grupo de Dança para o São João do Gonzagão em Irajaí. O choque aconteceu às oito da noite deste sábado (20).

A Veraneio vinha de um encontro de mecânicos em Arcoverde e, próximo ao CEMUPI de Iguaracy, na PE 292, chocou-se com o ônibus que vinha em sentido contrário. A informação preliminar é de que ela saiu de sua faixa acertando o ônibus. Cinco pessoas que estavam na Veraneio morreram e dez pessoas entre passageiros da lotação e dô ônibus ficaram feridas. Feridos foram levados para o HR Emília Câmara. No ônibus de Iguaracy, a informação é de que uma pessoa com suspeita de trauma na coluna cervical é o caso mais grave.

As vítimas fatais:

Márcio Clebson Mariano Siqueira, "Marcinho", 30 anos, mecânico - Era genro de Antonio de Zé de Preta e conduzia o veícuilo;
Enriques Martins da Silva, 38 anos, mecânico;
Ariosvaldo Ribeiro, "Paulista Mecânico", 46 anos - além dele, a filha de doze anos faleceu. A esposa e um filho foram levados em estado grave para o Recife;
Maksaída Ribeiro de Moura, estudante, 12 anos - filha de Ariosvaldo;
Iraneide da Silva Moraes, dona de casa, 36 anos.

A movimentação de ambulâncias e curiosos no local foi intensa. Houve muito trabalho para retirar as vítimas das ferragens. Populares relatam um cenário de terror. Os corpos ficaram mutilados, com membros arrancados e arremessados na pista. Ainda não foram divulgados os nomes das vítimas nem dos feridos. A programação junina deste sábado nas duas cidades foi suspensa por conta da tragédia.
[Do site Nill Junior]

[As fotos de Alberes Silva, são da tragédia em Iguaracy].



TABIRENSE CAPOTA VEÍCULO EM SERTÂNIA E MORRE DENTRO DE BARRAGEM

Por volta das 06h30 de ontem (19.06), na BR 265, KM 16, zona rural, de Sertânia, foi vítima de acidente fatal, Luciano André Campos Barros, 43 anos, residente na Rua Pedro Florentino de Souza, nº 73, Centro, na Cidade de Tabira.

Ele conduzia o veículo Fiat/Strada, placas KHQ-1917, quando no local mencionado perdeu o controle, vindo a capotar e cair dentro de uma barragem, falecendo no local.

Ainda foi vítima do mesmo acidente, Hilton Oliveira Amaral, 24 anos, também residente na Cidade de Tabira, o qual foi socorrido para o hospital local com escoriações pelo corpo.
[Do Blog do Itamar, em 20.06.2009]

Fernando Pires
Recife, PE Brasil - 21-Junho-2009 / 13:43:46
[Anterior] [Próximo]

Volta

Livro de Visitas desenvolvido pela Lemon Networks