AFOGADOS DA INGAZEIRA - MEMÓRIAS Guest Book

Caso você queira colocar seu registro, clique aqui!


 Registros de 31 a 60 do total de 572 [Anterior] [Próximo]

Na Torre

Se pudesse deter o relógio do tempo, retrocederia nas horas maravilhosas que se escoaram sob meus olhos extasiados. Ser acordada por andorinhas em algazarra, incansáveis, na sua trajetória, mundo afora. Voando com seu trissado insistente, à cata de comida e calor ao redor da torre da catedral afogadense, bela e acolhedora, que para se rebelar dessa enxurrada, clamava o badalar do relógio, tão altivo e forte, dava as horas festejando com furor o dia a correr.
As andorinhas, então, alçavam voo, fugiam ao entardecer, desapareciam no espaço, sem que nessa hora a saudade florescesse dentro de mim.
É vão o desejo de reter o carrossel da vida, congelar as horas e parar de correr contra a luz do tempo que jamais se esgota. Perco-me ao olhar para o voo de outras aves que substituíram minhas andorinhas. E debruçada no portão da vida, fico à espera do que virá, nos sonhos que vivi, nas fantasias que me faziam delirar, e desejar ser uma andorinha, perdida no azul dos céus do meu sertão.
(Maria Lúcia de Araújo Nogueira, 22/02/2022)

Maria Lucia de Araújo Nogueira
Recife, PE Brasil - 28-fevereiro-2022 / 11:17:58

Mais um contemporâneo/amigo de infância se foi...
Toinho Feitosa sentou nos bancos do Grupo Escolar Padre Carlos Cottart juntamente comigo, nos anos 1950 e início dos anos 1960.
Algumas poucas vezes, quando em Afogados da Ingazeira, nos encontrávamos para um bom bate-papo...
Toinho, que estejas desfrutando da Glória Eterna!
Aos teus familiares, a nossa solidariedade.

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 23-fevereiro-2022 / 10:49:17


Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 22-fevereiro-2022 / 20:17:56

Veja todos os nossos 260 vídeos no YouTube

E, se do seu interesse, inscreva-se no nosso canal!

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 22-fevereiro-2022 / 20:13:55


Faleceu neste domingo 20, no Recife, aos 53 anos de idade, a senhora Vanuza Veras Valadares.
Toninho e filhos, recebam nossa solidariedade.

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 20-fevereiro-2022 / 9:24:43


Fomos informados, há pouco, por Tiziu, do passamento do amigo Nivaldo Inácio da Silva, aos 72 anos (07.09.1949), ocorrido nas primeiras horas deste domingo 20, por infarto fulminante, em sua residência rural.
Aos familiares, nossas condolências.

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 20-fevereiro-2022 / 7:32:07
Fernando, estou quase acabando a leitura do vosso recente book; posso afirmar que estou adorando essa obra literária. A prova está que sou um propagandista da sua obra-prima.
Estou presenteando a minha sobrinha Rosilda, que reside em Riacho Fundo, na Ingazeira; ela está na expectativa para recebê-lo.
Até a próxima.

__________________________________
Zezé, vou contatar Rosilda para ir buscar o livro na residência da minha família, vizinho ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais, em Afogados da Ingazeira, pois ela vai sempre à cidade. Forte abraço. (Fernando Pires)

__________________________________

Zezé de Moura <jojephd@yahoo.com>
Rosemead - Califórnia, CA EUA - 17-fevereiro-2022 / 9:47:48

Celebridades esquecidas

No cemitério São Judas Tadeu, na cidade de Afogados da Ingazeira, não sei onde estão. Só sei que passeando entre covas apertadas, vou olhando cruzes e grades na esperança de ler, numa inscrição de um túmulo qualquer, o nome de antigos moradores da cidade que a memória busca resgatar.

'Desmantelo', aquele que andava desmantelado, daí o nome, filho dileto de Antônio Sebinho e que merece uma açucena de lembrança. Quero pôr uma vela no chão bruto onde estão os restos mortais de Pedro 'Malavaia' (mala Velha), aquele que andava com um saco nas costas cheio de 'catrevagem'; era o terror das crianças.

Onde estão os ossos de 'Zé Doido'? Aquele que era brabo e imprevisível.
Quero adornar a cova de 'Coqueirão', aquela que em vida foi a mais adornada das mulheres? Que andava pintada, arrumada, sempre com um girassol em cima do peito esquerdo.

E 'DanJoão' (FOTO), aquele ancião, gordinho, cabelos grisalhos, com uma chapa de ferro na boca, cajado para ajudá-lo a andar, posto que era cego. Para você, afogadense, minhas orações.
'Júlio Barrão'... onde estão seus ossos, que articulados perambulavam nas ruas da cidade?
E 'Zé de Filó', também conhecido como 'Sovaquinho de Ouro', apelido que ele não aceitava. Era jogador de futebol. Que Deus o tenha.

E continuando o passeio, onde a vida se cala, procuro pela cova de 'Lode', aquele que andava na ponta dos pés? Gostava de água que passarinho não bebe. Será que está em paz?
'Para-Relógio', dizia-se que era tão feio, que quando passava o relógio parava. O relógio não parou quando ele se foi.
E a 'velha DaLuz'? Negra que botava água nas casas da cidade. Era da época dos escravos. Na velhice ficou demente, por isto sua zanga quando era perturbada por crianças e adultos.
E onde está 'Zé Pretinho', aquele que subia e descia ladeiras e ruas, falava e gesticula sozinho.

Onde estão tantos conterrâneos esquecidos na nossa memória?
O tempo, às vezes, insiste em nos fazer lembrar de pessoas que passaram por nossa vida e de certa forma fizeram parte dela, talvez na intenção de nos mostrar que devemos por eles orar, pois o lugar onde estão é o único local certo para onde todos nós iremos um dia.
(Maria Lúcia de Araújo Nogueira, 12/10/2006).

Maria Lucia de Araújo Nogueira
Recife, PE Brasil - 11-fevereiro-2022 / 13:14:08
Oi Fernando,
Minha sobrinha me informou haver recebido o livro e está entusiasmada com a leitura.
Quanto a mim, estive numa situação difícil e desagradável há alguns dias. Sai de casa às 12h20 e fui fazer uma caminhada que leva mais ou menos 40 minutos, mas, desta vez foi bem mais longo. Já estava de volta à minha rua, mas um pouco distante da minha casa, quando eu colapsei e cai na rua; não havia ninguém para me ajudar, quando finalmente ouvi vozes e resolvi pedir ajuda; eram três rapazes da vizinhança. Ele me ajudaram, chamaram emergência. Fiquei no quarto da emergência até às 18h30 da noite, quando o médico me liberou, e a Silvia veio me buscar.
Foram momentos bem desagradáveis, mas passou, graças a Deus.
Foi um alerta e sobrevivi, com a graça de Deus!
Até a próxima.

Zeze de Moura <jojephd@yahoo.com>
Rosemead , CA EUA - 9-fevereiro-2022 / 15:05:36
Caro amigo Fernando Pires,
Li com carinho o teu livro. Continuei impressionado com a riqueza de detalhes e o conservo ao meu lado porque dele me valho ainda nas minhas reflexões. Quantas lembranças, quantos amigos de tantos lugares, quantas coisas que não podemos nem devemos esquecer. Quantas pessoas que já não estão conosco... Pessoas que fizeram parte de meu mundo. Quisera ter tua paciência nas consultas de periódicos antigos que tanto enriqueceram teu trabalho.
Já estou em Anajatuba tentando reconstruir as coisas que deixei há quase dois anos. Rever coisas antigas me causaram uma gripe alérgica que luto para superar, pois, essas coisas, hoje, são minha história. O corrimento nas narinas me tira do sério. Parei a revisão do meu livro “Santa Maria de Anajatuba”. Tenho que consultar pessoas. O calor e as fortes chuvas não dão trégua. Mas vou adiante dentro das minhas limitações.
Aguarde meus contatos em breve.
Um grande abraço do
Mauro Rêgo

Mauro B. P. Rêgo
Anajatuba, MA Brasil - 6-fevereiro-2022 / 9:02:43

Oi Fernando, cá estou novamente depois de uma breve ausência.

_______________________________
Caro Zezé, os Correios informam que entregaram o livro à sua sobrinha, no Rio de Janeiro, no dia 2 de fevereiro. Fineza confirmar. (Fernando Pires)
_______________________________

Zeze de Moura <jojephd@Yahoo.com>
Rosemead, CA EUA - 4-fevereiro-2022 / 16:28:30


Nesta segunda-feira 17, foi a óbito, aqui no Recife, aos 73 anos de idade (31.07.1948 - 17.01.2022), a conterrânea/amiga Zuleide Figueiredo da Fonseca (Leda).
O corpo foi transladado para Afogados da Ingazeira, onde será sepultado.

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 18-janeiro-2022 / 16:14:26
Caro amigo Fernando, aqui estou novamente para te informar de que o teu livro tem apreendido a minha curiosidade e atenção desde que o recebi. E sem duvida estou no processo contínuo de descobrir as belezas do povo sertanejo que me ajuda a viver tão distante, vivendo das coisas que apresentas neste Afogados da Ingazeira - Páginas da sua história.
Falando com minha sobrinha, filha de Tarcísio meu irmão, e residente no Rio de Janeiro, ela mostrou interesse pelo livro; eu imediatamente ofereci enviar-lhe um exemplar e ela ficou encantada com a ideia. Isto modificou a remessa monetária que estou a te enviar. Espero não haver problema. O total que estou remetendo é de $40,00 quarenta dólares.

Zezé de Moura <jojephd@yahoo.com>
Rosemead - Califórnia, CA EUA - 14-janeiro-2022 / 21:39:14
Fernando, quero agradecer ao meu primo Leônidas Siqueira a indicação do seu livro Afogados da Ingazeira - Páginas da sua história, e aproveitar para parabenizá-lo pelo grandioso e perseverante documento, que, com sabedoria, deixa para todos os seus conterrâneos um legado infalível e perfeito.
Obrigado.

Nivon Siqueira
Maceió, AL Brasil - 14-janeiro-2022 / 17:23:00

Cícero Vasconcelos Galdino
27.03.1947 - 31.01.1991

Há 31 anos, Cícero passou a ser saudade para familiares e amigos.
Filho do casal José Galdino Sobrinho (em memória) e Eufrasina Godê de Vasconcelos, nasceu numa quinta-feira, 27 de março de 1947. Era o primogênito da família de 8 irmãos: Pina, Dada, Côca, Gena, Graças, Baia e Sandra.
Iniciou seus estudos nas Escolas Reunidas Dona Anna Mello, depois no Grupo Escolar Pe. Carlos Cottart e, em seguida, no Ginásio Mons. Pinto de Campos.
Um jovem feliz, exercia a profissão de contador; curtia a vida de modo saudável. Durante alguns anos viveu na capital pernambucana, com os familiares, que para lá se mudaram, retornando algum tempo depois para Afogados da Ingazeira.
Tendo conhecido a jovem Maria das Mercês Pereira Soares, depois de algum tempo de namoro, se casaram no dia 23 de junho de 1984 na Catedral do Senhor Bom Jesus dos Remédios. Foram felizes durante os seis anos de convivência, mesmo carregando consigo o 'diabetes' que lhe massacrava dia a dia.
A doença o deixou prostrado por alguns anos e, no dia 31 de janeiro de 1991, aos 44 anos, não resistindo, faleceu.
Está sepultado no Cemitério São Judas Tadeu, em Afogados da Ingazeira.

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 12-janeiro-2022 / 12:02:29
Nesta manhã Socorro Góes me informou que, ontem, domingo 2 de janeiro, às 23h, a sua irmã Maria Aparecida de Góes Sousa, Cida, foi a óbito, depois de um longo período de sofrimento.
Cida [31.03.1959 - 12.02.2022], filha do sargento Pedro Góes e Toinha Góes, completaria 63 anos em fevereiro.
O velório será das 13h às 14h no cemitério da Vila Formosa, São Paulo. A entrada é pelo segundo portão da Rua João XXIII.

____________________________

Socorro Góes informa que a
MISSA DE 7º DIA por Maria Aparecida de Góes Sousa será celebrada no dia 8, sábado, às 8h30, na Catedral do Senhor Bom Jesus dos Remédios, em Afogados da Ingazeira.
E em Tabira, na Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios, às 8h no dia 9 de janeiro, domingo.

Agradece antecipadamente aos familiares e amigos pela presença.

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 3-janeiro-2022 / 10:02:59


Missa de 7º dia, em memória de BETA PIRES


Será realizada nesta segunda-feira, 3 de janeiro, às 19h, no Seminário São Judas Tadeu, em Afogados da Ingazeira.

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 2-janeiro-2022 / 16:23:58

Fernando, estou lendo o livro, encantado com o seu trabalho como historiador e a riqueza de detalhes e fatos através da pesquisa que você, nos proporciona, sem dúvida não apenas um livro, mas um documento histórico que retrata a pujança, obstinação e coragem do nosso povo em todos os segmentos da sociedade.
Abraços

Elias Mariano
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 1-janeiro-2022 / 12:37:55


Fernando, me orienta como comprar seu novo livro "Afogados da Ingazeira - Páginas da sua história".

Fabio <fabiosospiscinas@outlook.com>
Afogados da Ingazeira, PE Brasil - 31-dezembro-2021 / 8:19:45


Nesta tarde de quarta-feira 29, faleceu, na cidade de Caruaru, Magda Maria Mascena Pires, aos 68 anos de idade.
O corpo será sepultado em Tabira, sua cidade natal, mas, antes será velado na Casa de Velórios Plafan, em Afogados da Ingazeira, para a despedida dos amigos afogadenses.
Aldinho, Rubens, Rodrigo e Roberta, recebam nossa sincera solidariedade.

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 29-dezembro-2021 / 20:54:27
Tia Betinha deixou esse plano para se juntar aos seus outros amores em sua morada eterna. Aos que ficam restarão saudades e boas lembranças. Nunca esquecerei dos lindos laços feitos por ela que me adornaram durante a infância! Meu caloroso abraço para todos os familiares, em especial para Mone, Rita, Fatinha, Júnior e Mozart.

Clebia Cleriane P. Rabelo <clebiac@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 29-dezembro-2021 / 11:47:26
Meus sentimentos ao Júnior Finfa e demais familiares pela irreparável perda de dona Betinha Pires.

Rinaldo Remigio <rinaldo.remigio@facape.br>
Petrolina, PE Brasil - 29-dezembro-2021 / 7:49:21
Fernando, ainda abalada com a perda de mamãe, recebo a notícia do passamento dona Beta, vizinha e amiga dos meus pais. Foi também minha professora, no primário, e com 18 anos fui trabalhar, como substituta, na secretaria do Colégio Normal e lá estava ela a me apoiar e orientar.
Por sua interferência, papai consentiu que eu fosse estudar em Arcoverde, desde que ficasse com ela e assim o foi.
Doce Betinha. Quanta delicadeza nos seus trabalhos manuais. Uma perda imensa.
Que ela descanse na paz de Deus.

Lúcia Nogueira
Recife, PE Brasil - 29-dezembro-2021 / 7:23:05

MENSAGENS PELO FALECIMENTO DE BETINHA:

- O meu pesar a todos os familiares e amigos. Que dona Beta descanse em paz. ( Luciana Quitéria )

- Meus sinceros sentimentos pela perda de Dona Beta. Ela foi minha professora no Grupo Padre Carlos Cottart, na terceira série, em 1963. Tenho grandes lembranças dela. Exigente, mas igualmente competente, dedicada e afetuosa.
Guardo com carinho um livro de orações que recebi dela. Presente do final do ano letivo. (Fátima Brasileiro )

- Meus sentimentos, Fefé, que D. Beta tenha o descanso eterno e que Deus conforte a dor da perda de todos os familiares. ( Sônia Tenório )

- Meus pêsames. Dona Beta era madrinha de Fátima Araújo, minha irmã. Deus a coloque num bom lugar. ( Paulão )

- Meus sentimentos, Fernando e família. ( Pompéia Padilha )

- D. Beta era uma pessoa de grande coração; que DEUS console a todos familiares! Agora, nos braços de nosso PAI CELESTIAL! ( Margarida Dias )

- Meus pêsames, Fernando! Que Deus receba D. Betinha e lhe conceda o descanso e a vida eterna! ( Maria das Graças Souza Brito )

- Lamento muito pela partida da Betinha. (Gina Marinho )

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 29-dezembro-2021 / 4:52:07

Faleceu, há pouco, nesta terça-feira 28, no Hospital Regional Emília Câmara, aos 89 anos, minha tia Ivonete Pires de Sá Maranhão (Betinha).
O velório acontece na casa onde residia, na Pça. Miguel de Campos Góes.
O sepultamento, às 16h/17h, no cemitério São Judas Tadeu, em Afogados da Ingazeira.
Por motivo de saúde, não estarei presente, o que me deixa muito triste.
Que o Pai Eterno a acolha em sua Gloria!

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 28-dezembro-2021 / 21:01:02
Caro amigo Fernando, uma notícia me abalou bastante; no dia 23 de dezembro as 9h30 da manhã, faleceu, no Rio de Janeiro, o meu querido irmão Tarcísio Lopes de Moura.
Depois de um breve período de demência, o Senhor Deus o levou.
Louvado seja o nome do Senhor!

Zezé de Moura <jojephd@yahoo.com>
Rosemead - Califórnia, CA USA - 27-dezembro-2021 / 21:46:15
Faleceu neste 25/12, no Hospital dos Servidores do Estado de Pernambuco, aqui no Recife, a Sra. Júlia de Brito Pires, viúva de Severino Pires de Brito (Biu de Zeca).
O corpo foi transladado ontem mesmo para Afogados da Ingazeira, onde será sepultado.
Nossas condolências aos familiares.

Fernando Pires <fernandopires1@hotmail.com>
Recife, PE Brasil - 26-dezembro-2021 / 7:57:12
Parabéns a todas as formandas do Colégio Normal de Afogados da Ingazeira do ano 1971, do qual faço parte, pelos nossos 50 anos de formadas.
Foi a maior alegria para os meus pais, depois de anos de muito sacrifício. Agradeço em primeiro lugar a Deus pela oportunidade, em segundo aos meus pais pela confiança que depositaram em mim e em terceiro aos meus amados professores que jamais esquecerei; foram de grande importância em minha trajetória nesse colégio, para me tornar uma excelente profissional.
Um abraço caloroso a todas as minhas colegas de classe e aos professores: Paula Pires, Helena Veras, Dona Zezinha, Padre Assis, Aliete Severo, Elenita Veras, e [Assis Ribeiro, Rogério Oliveira, dona Leticia Goes, Dona Lalú Dona Ione in memóriam].
A todos que faziam parte dos trabalhos do colégio, nessa época, meu muito obrigado.
23/12/1971

Robélia Soares de Siqueira André <robeliasoares123@hotmail.com>
Jacupiranga , sp Brasil - 24-dezembro-2021 / 18:26:03
Oi Fernando Fiquei encantado com a noticia de teres enviado o livro "Afogados da Ingazeira - Páginas da sua História"; continuo aguardando.
Nesta época do ano os Correios, aqui nos Estados Unidos, às vezes fazem as entregas após o anoitecer, e às vezes bem mais tarde.

________________________
Zezé, enviei o livro no dia 4 de dezembro, mas vi que ele foi para fiscalização aduaneira de exportação no dia 13 e somente no dia 15 seguiu para o seu destino, aí em Rosemead - CA.
Acompanhe o encaminhamento pelo www.correios.com.br, informando o registro que te enviei.
Quando o receberes, fineza me informar (Fernando Pires).

________________________

Zeze de Moura <jojephd@yahoo.com>
Los Angeles, CA EUA - 20-dezembro-2021 / 1:50:12
Boa noite Fernando.
É com imenso prazer te dizer que estou encantada com o livro; quantas informações que jamais imaginei existir. Eu achava que sabia alguma coisa importante de minha cidade, mas, lendo este livro descobri que não sabia nada, apesar de que ainda estou muito longe de concluir a sua leitura. Mas creio que irei adquirir um grande conhecimento quando terminar.
Você está de parabéns; quanta dedicação e amor pela sua cidade Natal!
Abraço.

Robélia Soares de Siqueira
Jacupiranga, SP Brasil - 18-dezembro-2021 / 21:43:38
[Anterior] [Próximo]

Volta

Livro de Visitas desenvolvido pela Lemon Networks